O principal suspeito dos furtos de motos na fronteira dos últimos dias.

Maurício é o principal suspeito de vários furtos na fronteira – Foto: Alexandre Lima
Maurício é o principal suspeito de vários furtos na fronteira – Foto: Alexandre Lima

FONTE-OALTOACRE

A tranquilidade dos moradores da Rua Odilon Pratagi, no centro da cidade de Brasiléia, foi interrompida quando os policiais militares da 10º Comando foram acionados para averiguarem assalto seguido de um acidente e perseguição.

No local, os policiais deram busca na tentativa de localizar o suspeito de tentar roubar uma moto, quando o proprietário havia acabado de chegar em casa e ia guardar a moto. A vítima que pediu para não ser identificado, disse que só foi o tempo de descer para abrir o portão, quando percebeu que o ladrão já havia sentado e mostrou uma arma ainda na cintura.

Sem reagir, entrou em casa e acionou a polícia através do 190. Na tentativa de fugir, o meliante tentou sair às pressas e não contava com uma manobra desastrada e bateu contra um carro. Mesmo ferido e atordoado, correu para tentar fugir do delito e se escondeu no forro de uma hospedaria que já não funciona.

Os policiais deram uma minuciosa busca pela região e esperaram pelas proximidades. Escondidos, perceberam que algo havia se mexido dentro da hospedaria e foi questão de tempo para encontrar o meliante.

Foi quando encontraram o rondoniense Maurício Orlando dos Santos (19). Este foi algemado e lavado para a delegacia da cidade. O detido é o principal suspeito de estar furtando motos nos últimos dias, onde se registrou vários sumiços.

Com sua prisão, muitas pessoas foram até a delegacia na tentativa de identificar o meliante, sendo que estes foram vítimas de furtos de suas motos. Maurício estava vestindo duas bermudas, além e terem encontrado outra camisa no local com ele, meio usado para trocar quando praticam algum delito para não ser identificado depois.

Policiais tentavam saber onde Maurício havia jogado a arma para roubar a moto e quem seria seu comparsa nos roubos de motos, já que foi registrado um furto por um sistema de segurança a poucos dias e as caracterizas levam ao meliante.

O caso foi registrado na delegacia de Brasiléia e se espera ter tirado de circulação, o principal suspeito dos furtos de motos na fronteira dos últimos dias. Os policiais estariam tentando encontrar a arma do meliante durante a noite.

Meliante tinha uma carteira de trabalho sem nenhum carimbo e uma ‘cabeça’ de maconha – Foto: Alexandre Lima
Meliante tinha uma carteira de trabalho sem nenhum carimbo e uma ‘cabeça’ de maconha – Foto: Alexandre Lima