Aventura pode ser interrompida caso ela tente realizar feito com homens do país.

Ania Lisewska, de 21 anos
Ania Lisewska, de 21 anos

Por -TECH-MESTRE

Uma polonesa de 21 anos está dando o que falar em uma tentativa curiosa de quebrar recordes. Ela pretende ter relações íntimas com nada menos do que 100 mil homens diferentes. 

Ania Lisewska, de 21 anos, ainda não chegou aos 300 desde que começou sua empreitada. Ela recebeu convites de pessoas de vários países para ajuda-la, incluindo Brasil, EUA e Egito. 

“Eu quero homens da Polônia, da Europa e de todo o mundo. Eu adoro sexo, diversão e homens. Na Polônia, sexo ainda é um tabu e todos que querem realizar suas fantasias são considerados devassos, promíscuos ou doentes mentais”, afirmou. 

A aventura, no entanto, pode terminar mal. Isso porque um convite vindo do Egito fez com que Ania recebesse ameaças de islamitas, os quais disseram para ela se manter longe do país de maioria muçulmana. 

O convite teria vindo de Mohammad Abdel Moneim, que trabalha para uma entidade que promove a hospitalidade no Egito. A polonesa havia se animado com a possibilidade de incluir o Egito em seu feito. Ela afirmou que seria um prazer visitar o país por conta de sua beleza, história e homens viris. 

 

A possível viagem, no entanto, enfureceu alguns islamitas. Informações dizem que internautas do país manifestaram sua fúria contra Ania na web, classificando-a como desprezível.