Acreana é destaque em defesa dos servidores da Polícia Federal no Brasil

A sindicalista atuou em assuntos polêmicos, criticando a terceirização irregular de atividades na PF
A sindicalista atuou em assuntos polêmicos, criticando a terceirização irregular de atividades na PF

A acreana Leilane Ribeiro, natural do município de Cruzeiro do Sul, tem se destacado nas lutas sindicais da Polícia Federal em Brasília. Como presidente do Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos da Polícia Federal (Sinpecpf) e conselheira da filial brasileira da Associação Internacional de Polícia (IPA), ela não se intimida à frente dos policiais e políticos experientes, mostrando sempre um discurso contundente, seja diante de negociações com governantes ou em manifestações Brasil afora.

“Assumi o sindicato para lutar por uma Polícia Federal mais forte e eficiente, que valorize seus servidores”, explicou.

Com este objetivo, a sindicalista levantou bandeiras ao longo dos últimos quatro anos. Durante sua gestão o setor administrativos da PF conquistou diversos avanços, entre eles, dois reajustes salariais e a extensão de direitos, que até então eram exclusivos dos policiais federais.

A sindicalista atuou em assuntos polêmicos, criticando a terceirização irregular de atividades na PF, prática que tem diminuído a eficiência do órgão e aumentado a ocorrência de crimes. Visando qualidade no trabalho, denunciou ainda os desvios de função de policiais federais para postos administrativos, prática especialmente nociva para estados como o Acre, porque tira policiais de operações policiais nas fronteiras para colocá-los em atividades burocráticas.

Neste espaço de tempo Leilane adquiriu habilidades e alguns convites foram surgindo, como exemplo as audiências públicas na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Ela contribuiu na concretização do projeto que institui indenização para profissionais federais que atuam nas fronteiras.

“Acredito que o povo acreano clama por mudanças na política. Novos rostos e novas ideias, com muita força de vontade. Além disso, meu nome está a disposição, pois não tenho medo de desafios”, pontua a pré-candidata a deputada federal .

Atletismo – No segmento esportivo, Leilane foi a primeira acreana a competir nos Jogos Mundiais de Polícias e Bombeiros (World Police & Fire Games), terceira maior competição multiesportiva do mundo, este ano realizada em Belfast, Irlanda do Norte. Apesar de ser uma estreante, Leilane fez bonito nas terras europeias, conquistando a medalha de ouro na prova dos 400m em sua categoria.

FONTE-ECOS DA NOTICIAS