Quando eu estava subindo no ônibus, eles puxaram a minha bolsa. Eu tentei lutar contra eles para eu ficar com a bolsa,

Jessé de Oliveira dos Santos
Jessé de Oliveira dos Santos

Um homem foi preso nesta quarta-feira (04), suspeito de assaltar estudantes e moradores no bairro Jardim da Penha e na Praia do Canto, em Vitória.

e acordo com a polícia, Jessé de Oliveira dos Santos abordava as vítimas normalmente nos pontos de ônibus, e estava sempre de bicicleta e com um canivete. Segundo uma das vítimas, estudante de uma escola do bairro Jardim da Penha, o homem não estava sozinho.

“Quando eu estava subindo no ônibus, eles puxaram a minha bolsa. Eu tentei lutar contra eles para eu ficar com a bolsa, mas eu não consegui porque o motorista estava fechando a porta. O meu celular estava na cintura e liguei para a polícia dizendo que tinha sido assaltada”, relata.

Segundo informações dos estudantes, os assaltos aconteciam por volta das 22h, quando os alunos seguem para casa. A principal reclamação dos jovens é de que a noite, as ruas são muito escuras e falta policiamento.

De acordo com uma jovem, somente em uma semana, quase vinte estudantes foram vitimas. As estudantes contam que o bandido roubava sempre celulares, dinheiro, as mochilas e até beijo. Durante os assaltos, o criminoso obrigava algumas jovens a beijarem ele na boca.

“Me falaram que ele estava de moto, no ponto onde eu fico. Ele pediu a uma menina o celular e ela não quis dar. Ele pegou o celular da cintura dela e pediu um beijo. Ela teve que dar senão ele iria levá-la também”, conta.

De acordo com o Subtenente Teixeira, da 4ª Companhia do 4º Batalhão em Goiabeiras, o suspeito foi localizado através de uma vítima.

“Essa pessoa veio até a Companhia e registrou um boletim de ocorrência. Ela falou e comentou o que tinha acontecido. Nesse momento, ela disse que o celular dela poderia ser rastreado. Eu consegui rastrear o celular pela internet e estava localizado no bairro Andorinha. Fui até o local para deter o cidadão, que desde sexta-feira até ontem, cometeu pelo menos 18 roubos em Jardim da Penha e na Praia do Canto”, explica.

Ainda de acordo com o Subtenente, várias rondas são feitas na região.

“O policiamento em Jardim da Penha é feito com viaturas e com moto-patrulha. A gente tem um efetivo muito bom de policiais no local, patrulhando todo o bairro de Jardim da Penha. As ruas onde acontecem esses pequenos furtos de celulares, a pessoas e no comércio, a gente tem viatura fazendo preventivo no local”, afirma.

Fonte-R7