Indignação: Temporários com até cinco meses de salário atrasado pedem “misericórdia” ao prefeito

Vereador Jerry Correia (PT)
Vereador Jerry Correia (PT)

Hoje um grupo de servidores provisórios que prestam serviço à Prefeitura de Assis Brasil, por meio de uma empresa terceirizada, fizeram mais uma tentativa de sensibilizar a atual gestão quanto ao atrasado de seus salários. Muitos deles estão há cinco meses sem receber seus vencimentos.

O prefeito, por sua vez, continua sustentando que o atraso dos salários é culpa da empresa contratada pela sua gestão. A empresa terceirizada, no entanto, revelou para alguns servidores que não recebe os repasses mensais da Prefeitura e, por isso mesmo, não paga os trabalhadores.

A Câmara de Vereadores de Assis Brasil já havia aprovado um Requerimento do Vereador Jerry Correia (PT) que pedia a presença do Secretário de Finanças do Município para prestar esclarecimentos. A convocação do Legislativo Municipal foi desrespeitada e o Secretário não apareceu para esclarecer o impasse. Agora, segundo o presidente da Casa, vereador Neudo Lopes, o caso foi encaminhado para justiça que deve notificar a atual gestão.

Enquanto isso, dezenas de trabalhadores e trabalhadoras sofrem com o atraso de seus salários a cada mês que passa. Muitos já abandonaram o serviço e acabaram acarretando vários problemas como a falta de coleta do lixo doméstico e problemas nas escolas municipais como a falta de merendeiras e vigias.