Professora morre ao ter pescoço cortado com linha com cerol

Ela dirigia uma moto quando foi atingida e morreu na hora

Uma professora de 35 anos morreu depois de ter o pescoço cortado com uma linha com cerol na Ponte do Baralho (Ilha do Bispo), localidade que liga João Pessoa a cidade de Bayeux, na Paraíba, na segunda-feira (26). Ela dirigia uma moto quando foi atingida.

A vítima morreu no local. Moradores da região chegaram a chamar o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas ela já estava morta.

Ela era professora da rede estadual da capital e foi identificada como Cândida de Nazaré da Silva.

Uma professora de 35 anos morreu depois de ter o pescoço cortado com uma linha com cerol
Uma professora de 35 anos morreu depois de ter o pescoço cortado com uma linha com cerol

Fonte-R7