‘Neguinho’ foi detido devido tentar vender botijas de gás, bicicleta e um micro-ondas e preço

Neguinho foi pego com objetos furtados em residência localizada no Bairro Samaúma – Foto: Alexandre Lima
Neguinho foi pego com objetos furtados em residência localizada no Bairro Samaúma – Foto: Alexandre Lima

Josemar do Espirito Santo (30), conhecido pelo apelido de ‘Neguinho’, foi detido por policiais militares na noite deste sábado, dia 24, quando tentava vender produtos provenientes de um furto ocorrido no Bairro Sumaúma I, que foi identificado por uma das vítimas e denunciado às autoridades.

‘Neguinho’ foi detido devido tentar vender botijas de gás, bicicleta e um micro-ondas e preços irrisórios pelos bares existente nos bairro próximos das residências em que praticou o delito.

A exemplo, pedia cerca de R$ 20 reais por uma botija que custa R$ 150 num posto autorizado. Com a chegada dos policiais militares que o abordou, ainda foi possível recuperar alguns dos objetos e levar para a delegacia, junto com o acusado.

Foi levantado que Neguinho estaria em liberdade condicional por tentativa de homicídio e ainda foi encontrado consigo, uma arma branca (faca). O mesmo negava tudo mesmo diante do fato de estar com os objetos que foram identificados por uma das vítimas.

Segundo uma das vítimas, o acusado teria entrado na casa após forçar uma das janelas. Levou com um possível comparsa, o botijão, micro-ondas, bicicleta e cerca de R$ 320 reais. Os objetos que foram vendidos estão sendo procurados e os ‘compradores’, poderão responder pelo crime de receptação.

O caso está nas mãos do delegado Cristiano Bastos e Neguinho poderá voltar para a penitenciária na Capital por quebrar sua condicional. Foi levantado que Neguinho seria irmão de Francisco André de Araújo, o “Jinjio”, considerado de alta periculosidade por envolvimento em assalto, tráfico, porte de arma, entre outros crimes.

policia 4

policia 2

Fonte-oaltoacre