Prefeitura e Corpo de Bombeiros intensificam fiscalização contra queimadas.

O plano ajudou no trabalho de monitoramento nos bairros após a contratação de agentes motorizados capazes de identificar com maior rapidez as denúncias de queimadas.

A prevenção de queimadas urbanas é necessária e urgente, pois pode causa tragédias.
A prevenção de queimadas urbanas é necessária e urgente, pois pode causa tragédias.

Por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMEIA), a Prefeitura de Rio Branco implementa há mais de dois anos durante o verão, o Plano Integrado de Prevenção e Controle de queimadas que visa  intensificar a fiscalização e monitoramento das queimadas no perímetro urbano e articular meios de prevenção de incêndio que venha a causar danos ao meio ambiente, materiais e econômicos.

Nos finais de semana é realizada a escala de planões nos locais de maior ocorrência de queimadas. O trabalho relacionado a fiscalização e monitoramento segue as orientaçõesdos mapas gerados na unidade de Situação de Eventos Extremos que fica na sede do Corpo de Bombeiros Militar do Acre.

O livro de registro de denúncias onde há o maior número de ocorrências de queimadas são o Belo Jardim, Vila Acre, Estação experimental, Abrahão Alab, Cadeia Velha, Conquista, Floresta, Taquari e São Francisco que também abrange o bairro Placas.

Equipes da Semeia mantém equipes em plantão a fim de atender denúncias de crimes ambientais. As denúncias poderão ser feitas por meio dos telefones 68-3228-5765 a qualquer hora do dia ou da noite.

São mais de 60 fogos de queimadas registrada em um único dia.
São mais de 60 fogos de queimadas registrada em um único dia.

Fonte-ecos da notícias

Dora Monteiro/com informações da Agência Acre