Dona de casa foi violentada sexualmente e depois deixada para morrer.

Maria Luzanira Freiras de Oliveira
Maria Luzanira Freiras de Oliveira

Maria Luzanira Freiras de Oliveira, 44 anos, foi encontrada agonizando com sinais de violência no cemitério de Feijó. Ela foi levada para um hospital em Rio Branco em estado grave com ferimentos na cabeça. Quando foi encontrada, Maria Luzanira tinha uma garrafa introduzida na vagina.

A polícia tenta descobrir quem é o homem desconhecido, de aproximadamente 60 anos, com quem permaneceu até a madrugada da última sexta-feira (9) durante a festa doFestival do Açaí. Depois disso, ela não foi vista.

O coveiro que encontrou Maria Luzanira jogada entre os túmulos disse que ela estava muito ensanguentada. Para os policiais, o agressor deve ter imaginado que ela já estivesse morta, ande de ir embora. Luzanira é mãe de quatro filhas.

(Foto ilustrativa)

Rádio Feijó/AC24horas