Segundo Conselho Tutelar, entrada de menores foi totalmente liberada.
Bispo responsável aguarda investigações para tomar providências.

Um padre de Catiguá (SP) está sendo investigado pela polícia por causa de

uma festa realizada no salão paroquial. O detalhe é que o baile tinha o sistema chamado de “open bar”, com bebidas à vontade, e a entrada de menores, segundo o Conselho Tutelar, foi totalmente liberada.

padre de Catiguá
padre de Catiguá

De acordo com o inquérito, conselheiros foram ao local para proibir a entrada de adolescentes, e foram impedidos pelo padre de ficar no local. O promotor da infância e juventude também deve entrar no caso.

O bispo responsável pela Diocese que abrange Catiguá informou que aguarda as investigações para tomar alguma providência, e que o padre teria apresentado uma versão diferente do caso. O padre não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Fonte: G1