A acusada I.L.S., 48 anos, viajou pelo menos 637 quilômetros, de Joinville (SC) a São José, para tentar matar a cabeleireira M.F.L., 39 anos

iG Paulista

I.L.S., 48 anos, foi levada para a delegacia após tentativa de homicídio – Foto: Divulgação
I.L.S., 48 anos, foi levada para a delegacia após tentativa de homicídio – Foto: Divulgação

Um triângulo amoroso quase termina em tragédia em São José dos Campos. Uma mulher de 48 anos, foi presa em flagrante nesta quarta-feira (14) ao tentar matar uma cabeleireira no bairro Galo Branco, na zona leste da cidade. Ela viajoude Santa Catarina para acertar as contas com a rival.

A acusada I.L.S., 48 anos, viajou pelo menos 637 quilômetros, de Joinville (SC) a São José, para tentar matar a cabeleireira M.F.L., 39 anos, por uma suposta traição.

Segundo o delegado, Régis Wanderley Romano, ambas conheceram o mesmo homem no início do ano, em Santa Catarina, com o qual mantiveram um relacionamento. O homem resolveu acabar o romance com acusada de Santa Catarina, para ficar com a mulher de São José. A outra, resolveu se vingar.

“Ela fez tudo premeditado, saiu de Santa Catarina decidida a matar a cabeleireira em São José. Ela chegou à cidade, tomou um táxi e foi até o local dizendo ao motorista que ‘pagaria’ uma conta. Ao chegar ao local pediu para o motorista esperar e após briga corporal disparou a arma”, disse o delegado. Os disparos do revólver calibre 32 atingiram as vidraças do salão e um deles acertou um dos ombros de M. A vítima foi socorrida ao Pronto-Socorro do Hospital Municipal e passa bem.
Em depoimento à polícia, a acusada confessou o crime e disse que ao sair da cadeia vai procurar a vítima novamente. Ela foi encaminhada para a cadeia de Santa Branca.