Ele foi flagrado pela companheira fazendo sexo oral no bebê de apenas 42 dias

Um crime chocante movimentou a Polícia Civil de Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte, na ultima segunda-feira (12). Iueltem Marques da Silva, de 39 anos, foi preso após estuprar a mulher e a filha recém-

bebê de apenas 42 dias
bebê de apenas 42 dias

nascida de apenas 42 dias. O suspeito, que confessou o crime ao ser detido, tem

dez filhos, sendo cinco com a atual companheira. Ele perdeu a guarda de todos eles por ter abusado de uma das filhas.
Silva estava em casa quando foi flagrado pela companheira fazendo sexo oral na criança no momento em que trocava o bebê. A mãe do bebê acabou sendo atacada também e abusada pelo marido. O crime chegou à polícia depois que a avó levou filha e neta ao hospital para serem medicadas. Em entrevista à Rádio Itatiaia, ele confirmou o crime.
—Ela (a esposa) me viu trocando a menina. Nesse momento, eu estava excitado, mas pelado não.
O casal já havia ficado algum tempo separado devido ao histórico de abusos do homem, mas reataram e, logo em seguida, a mulher engravidou novamente.
Silva foi levado para o presídio de Ribeirão das Neves, na Grande BH e deve passar por um exame de sanidade mental no IML (Instituto Médico Legal). Ainda durante a entrevista, ele alegou que “não sabe de onde vem isso” e pediu para receber tratamento.

Fonte: R7