Eles tiveram um relacionamento amoroso e brigavam por disputa de uma casa

Um homem é suspeito de ter matado a comerciária Ivonete Maria da Silva, de 36 anos, depois de um desentendimento durante um pagode em Recife, em Pernambuco, no domingo (11). Ela estava desaparecida e o corpo localizado após a família realizar buscas em diferentes IMLs (Instituto Médico Legal) da capital.

 Ivonete Maria da Silva, de 36 anos,
Ivonete Maria da Silva, de 36 anos,

De acordo com a família, ela trabalhou durante o dia e à noite marcou de ir ao pagode com a amiga. O ex-companheiro teria pedido para encontrá-la no local e saíram juntos do estabelecimento. Desde então não foi mais vista.

Ivonete Maria da Silva, de 36 anos,
Ivonete Maria da Silva, de 36 anos,

O carro do suspeito foi apreendido. O corpo estava em uma estrada, mas marcas de sangue e cabelo supostamento da vítima foram achados dentro do automóvel. A polícia suspeita que ela tenha sido morta asfixiada e depois atropelada.
A família informou que o motivo da briga seria uma casa que os dois tinham quando ainda eram casados e não venderam.

Fonte: R7