Prostituta morre após ter cabeça pisoteada por adolescente

Vítima era usuária de drogas e filha de um policial militar

Redação-3dejulho

6986425Uma mulher de 31 anos foi morta de forma brutal na madrugada desta quarta-feira (7) em João Pinheiro, no noroeste de Minas. Juliene Barbosa Silva Souza teve o rosto pisoteado várias vezes por um adolescente de 16 anos.

A vítima, filha de um policial militar, era usuária de drogas e se prostituía na cidade. Ela foi encontrada por uma pessoa que passava pela rua Jovino Silveira, no centro. A testemunha ouviu os gemidos e viu o suspeito cometendo a agressão. Em seguida o jovem fugiu em direção ao bairro Mangabeiras.

Juliene foi socorrida e levada para o Hospital Municipal de João Pinheiro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade. Horas antes do crime, ela havia sido vista bebendo cerveja em um bar conhecido como ponto de prostituição.

O autor já foi identificado e continua sendo procurado pelos militares. A motivação para o homicídio não foi esclarecida.

 Fonte-R7