do R7, com Agência Record

redação-3dejulho

Uma idosa de 65 anos, Regine Claudete Pereira da Silva, foi encontrada morta pela própria filha na manhã desta terça-feira (30) em sua casa, na rua Arsênio Guilherme, 71, na Vila Curuçá, zona leste de São Paulo. O principal suspeito é o genro da vítima, Jeferson Ramos. Após o crime, ele teria sido assassinado pela própria esposa.

Regine foi encontrada com os membros amarrados e sinais de estrangulamento. A filha dela que achou o corpo. Ela desconfiou que algo tinha acontecido pois a mãe não atendia o telefone.

Horas depois, a polícia militar informou que o ex-sogro de Regine, suspeito de matá-la foi baleado às 16h10, em São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

A esposa dele e filha de Regine foi autuada em flagrante e presa pelo crime. Segundo informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Administração Penitenciária, a mulher se encontra no Centro de Detenção Provisória Feminino de Franco da Rocha.

A mulher contou com a ajuda no crime de mais um homem que ainda não foi preso pela polícia. Ela informou que permanecia casada com Jeferson, porque ele a ameaçava e que o comparsa era quem teria atirado no marido.