Versão não convence delegado que ouviu confissão de crime em Igarapé

Redação-3dejulho

07_00_35_939_fileA Polícia Civil apresentou na tarde desta quinta-feira (1º) dois jovens que confessaram ter decapitado o próprio pai em Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Anderson Ribeiro Custódio, 23 anos, e Gleidson Luis Ribeiro Custódio, 19 anos,cometeram o crime dentro de casa no dia 28 de julho. O corpo de Paulo César Custódio, de 48 anos, foi encontrado dois dias depois com a cabeça descolada do corpo.

Em depoimento à polícia, eles disseram que eram ameaçados de morte pelo pai, que já teria matado um irmão deles. Anderson derrubou o pai com golpe de machado no pescoço e Gleidson ajudou a cortar seu pescoço com uma faca.

Segundo o delegado Thiago Henrique de Oliveira, a versão apresentada não convence.

— O fato de terem matado é incontroverso, mas a motivação precisa ser apurada. Eles mencionam que o pai iria matá-los, mas isso não condiz com as informações que temos. Todas as testemunhas dizem que ele era trabalhador e boa pessoa.

De acordo com o delegado, “eles alimentam grande ódio pelo pai e afirmam que ele não os dava nada”. Anderson e Gleidson     A Custódio estão presos temporariamente no presídio de São Joaquim de Bicas.

Enzo Menezes, do R7 MG