Fábio Nunes Frazão, vocalista da banda Pray for Mercy, quebrou a porta e objetos da casa

08_44_46_494_fileA supervisora Valéria Frazão, irmã do músico Fábio Nunes Frazão, morto a facadas pelo pai após uma discussão na última sexta-feira (26), diz que o irmão estava alterado no dia em que o assassinato ocorreu e que não costumava ser violento com a família.

— Ao contrário do que disseram, ele não me maltratava ou maltratava a nossa mãe. Ele estava alterado naquele dia.

Segundo Flávio Alexandre, amigo da família, o pai de Fábio, Reinaldo Lopes Frazão, tinha contado a ele que o músico tinha um histórico de brigas em casa.

— O pai me contou que ele estava agredindo a mãe e a irmã e quebrando as coisas dentro de casa.

Reinaldo, um eletricista de 56 anos e sem antecedentes criminais, chegou a pedir para Flávio Alexandre chamar o resgate para o filho, logo após o ocorrido. Em seguida, fugiu.

De acordo com amigos da família, Fábio chegou nervoso da rua e quebrou a porta e objetos da casa. Isso irritou o pai,que pegou uma faca e atingiu o filho pelas costas. O crime aconteceu por volta das 22h da última sexta-feira (26) no Parque Engenho, região do Campo Limpo.

Fábio Nunes Frazão tinha 25 anos e era vocalista da banda de rock Pray for Mercy. Ele tinha voltado a morar com os pais depois de se separar, há cerca de três meses.

O jovem chegou a ser levado ao pronto-socorro do Hospital Campo Limpo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A ocorrência foi registrada no 47º Distrito Policial (Capão Redondo). O pai ainda não foi localizado.

Fonte: R7