Homem disse ter cometido o crime porque ficou revoltado com o fato da jovem estar namorando

Do R7, com Cidade Alerta

11_59_36_320_fileUm agricultor, pai de uma jovem de 17 anos, confessou nesta terça-feira (23), ter matado a própria filha na cidade de Barra de Santana, na Paraíba.

A moça saiu com o responsável, de 56 anos, para fazer compras na última sexta-feira (19), e desapareceu. Três dias depois, na segunda-feira (22), o corpo da vítima foi encontrado em um matagal perto de uma rodovia estadual, distante cerca de 20 km da casa onde ela morava.

Segundo a polícia, a jovem foi vítima de abuso sexual e físico. A garota recebeu uma forte pancada na cabeça que, de acordo com os legistas, pode ter sido a causa da morte.

Até então, o pai não era tratado como suspeito, mas a atitude de fugir e, nem ao menos ir ao enterro da filha, deixou a polícia atenta. O homem tornou-se o principal suspeito do homicídio. Um dia depois, nesta terça (23), o pai da garota confessou o crime.

O pai disse ter matado a própria filha porque ficou revoltado com o fato dela estar namorando.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.