DoG1

dp_sv222Uma mulher de 38 anos e sua filha, de 10, foram vítimas de violência sexual na noite deste sábado (20) em São Vicente, no litoral de São Paulo. Um homem armado, ainda não identificado, obrigou as duas a fazer sexo oral. O suspeito estava de carro e fugiu depois de cometer o crime.

Segundo a Polícia Militar, as duas estavam voltando para casa pela Avenida Augusto Severo, no bairro Cidade Náutica, quando um homem desconhecido, armado, parou com um carro branco ao lado delas e as obrigou a entrar no veículo. Ele dirigiu até a Rua Coronel Silva Teles, no bairro Esplanada dos Barreiros, e lá praticou a violência sexual.

De acordo com o relato da mãe para os policiais da 2ª Companhia da Polícia Militar de São Vicente, o suspeito primeiro pediu para ela sair do carro e ficar de frente para uma parede. Nesse momento, o criminoso teria obrigado a sua filha de 10 anos a praticar sexo oral nele, no banco da frente do veículo. Na sequência, ele mandou a mulher voltar para o carro e fazer o mesmo que a menina havia feito. Depois disso, deixou as duas na rua e foi embora.

O caso foi registrado no 1° Distrito Policial de São Vicente como estupro e estupro de vulnerável e deve ser encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São Vicente. A placa do veículo foi anotada pela mãe e deve ajudar nas investigações.