A prisão de Edvaldo Oliveira Plácido 36 anos, “O Chiquinho” ocorreu no final da tarde desta segunda-feira (22) quando policias do Batalhão de Operações Especiais – BOPE da Polícia Militar foram cumprir um Mandado de Prisão contra Edvaldo “Chiquinho” que estaria em uma casa na rua Felisberto Nascimento no bairro Capoeira, por se encontrar

Redação/Ecos

23-07-13-metralhadora1foragido do sistema prisional do estado após ter sido beneficiado com o regime de semiliberdade.

De acordo com informações quando os militares chegaram ao endereço citado encontraram o acusado e a namorada Tamiris Cristina Monteiro da Silva 20 anos dentro da casa e ao entrarem encontraram no quarto do casal um submetralhadora 9 milímetros de uso exclusivo das Forças Armadas e Polícia Federal, além de uma pistola ponto 40 de uso restrito das policias civil e militar que supostamente teria sido roubada de algum policial do estado do Acre.

Edvaldo Plácido que é condenado por tráfico de drogas não quis informar como teria conseguido a submetralhadora e a pistola, mas alegou que a namorada dele não sabia da existência das armas.

O acusado foi preso e a namorada detida e encaminhados a Delegacia de Flagrante – DEFLA da 1ª Regional, onde o delegado plantonista decidirá se a mulher teria envolvimento na posse das duas armas, caso contrário Edvaldo Plácido que já assumiu que as armas são de sua propriedade será autuado em flagrante e terá que retornar ao Presídio para cumprir o restante da pena por tráfico de drogas e agora também por porte ilegal de arma de uso restrito e exclusivo da policia.