Bebedeira em zona rural terminou em ofensas, ameaças e danos ao patrimônio

IMG_7028-300x296 Mais um caso que envolve bebida alcoólica, por pouco não termina em tragédia na zona rural de Epitaciolândia, durante uma bebedeira que aconteceu numa localidade do Ramal do Prata, com acesso pelo km 32 da BR 317, na tarde deste sábado, dia 20.

Enilson terá que pagar os prejuízos e responder judicialmente

Segundo consta nos autos, Enilson Alves de Almeida (44), que mora na localidade, começou a ingerir água que passarinho não bebe (cachaça) e passou a incomodar maioria dos presentes. Seu resolveu que deveria manda-lo para casa temendo que algo de piro acontecesse.

Foi quando localizou um conhecido, o taxista Marcos Maciel Rodrigues da Costa (42), e pediu que o levasse para casa e assim o fez. Tudo ia bem até os dois chegar na casa de Enilson, mas teve uma discussão que teria terminado em ofensas e vias de fato.

Enilson por sua vez, correu até sua casa e se apossou de facão tipo terçado, e correu atrás de Marcos. Como não o alcançou, resolveu investir contra o veículo acertando nas janelas e portas, causando danos materiais.

Por sorte, foi possível entrar em contato com uma viatura da Polícia Militar, que foi até o local e deteve Enilson e o conduziu para a delegacia de Epitaciolândia. O mesmo disse que não lembrava de muita coisa sobre o ocorrido e que esperava seu pai para ajudar no acordo e reparar os danos.

Segundo o delegado titular da mesma, Sergio Lopes, o caso iria ficar a disposição da Justiça, esperando a decisão sobre possível pagamento de fiança e liberação do acusado para responder em liberdade.

Todos os vidros traseiros foram destruídos.

Todos os vidros traseiros foram destruídos.                                         Alexandre Lima