Durante a tarde desta sexta-feira, dia 19, um pastor da Igreja Assembleia de Deus Madureira, localizada no Bairro José Hassem na cidade de Epitaciolândia, foi denunciado na delegacia por assédio e ameaças contra uma mulher e uma menor de 15 anos.

Segundo foi relatado pelo esposo da mulher que pediu para não ser identificada, tudo veio à tona nesta quinta-feira, dia 18. Os assédios teriam acontecido a cerca de duas semanas quando a menor teria ido trabalhar na casa do pastor identificado pelo nome de Hélio Costa, além da esposa de um fiel da igreja.

Segundo a mulher, o pastor teria ido até sua casa para fazer propostas para que os dois ficassem juntos e até ciúmes sentia da mesma. Já a menor, disse que teria ido trabalhar na casa do pastor onde ficou por duas semanas e sempre aproveitava de oportunidades para fazer assédios.

Com medo que algo mais pudesse acontecer, pediu para sair e resolveu relatar e denunciar o assédio. O caso foi registrado na delegacia que, por sua vez, foi direcionado ao Fórum da Comarca onde todos seriam ouvidos.

Segundo o representante da igreja na cidade, disse que uma comissão de pastores já estariam se deslocando da Capital para analisar o caso. “Caso seja comprovado o fato, todas as medidas cabíveis serão tomadas. Em último caso, até mesmo a expulsão, já que não admitimos essas atitudes”, finalizou.