Epitaciolândia

Alunos da zona rural tiveram o transporte de responsabilidade do Estado suspenso

andre prefaito 002Durante a parte da manhã desta quarta-feira, dia 17, na cidade de Epitaciolândia, alunos bloquearam a rua em frente da seda do Núcleo da Secretaria de Ensino Estadual, para protestar a suspensão do transporte escolar por parte do Governo do Acre. Com cartazes e apitos, os alunos fecharam a rua e impediram qualquer veículo de passar.

O problema vem se arrastando a cerca de seis meses sem que os carros contratados pelo Estado, recebam seus pagamentos em vários Municípios da regional do Alto Acre, causando transtornos aos alunos que precisam do transporte para se deslocarem até a cidade.

Os donos de veículos reclamam do atraso e as despesas ficaram impossíveis de ser sanadas, restando apenas, a paralização e muitos disseram que vão cancelar os contratos e outros não irão renovar.

A representante da SEE em Epitaciolândia, Neide Rodrigues, disse que culpa seria do Município e que o mesmo não estaria pagando como deveria ser. Por sua vez, o prefeito de Epitaciolândia esteve no local para conversar com os alunos

andre prefaito 006André Hassem deu a notícia que estaria disponibilizando veículos para que os mesmo não sejam prejudicados e que, a responsabilidade do transporte dos residentes na zona rural seria toda do Estado, pois mostrou um Ofício onde a Secretaria Estadual solicitava os veículos do Município.

Disse ainda que, estaria levando o caso junto com uma comissão a ser criada no local com professores, alunos e

proprietários dos veículos, ao Ministério Público. Complementou dizendo que os pagamentos do Município estão em dia.

Foi dito no local que em Epitaciolândia, o atraso por parte do Estado chegou a quatro meses, sendo este o motivo da paralisação por parte dos proprietários dos veículos. Por volta do meio-dia, o Prefeito e a representante da SEE, se reuniram para encontrar uma solução para o caso.