Dhionathan Celestrino, de 21 anos, o ‘Maníaco da Cruz’, deve ficar até um ano no Complexo Penitenciário de Campo Grande, em uma cela isolada. Após esse período, uma nova decisão judicial deve determinar qual o destino de Dhionathan. “Ainda não sabemos se ele continuará por um ano no complexo penitenciário, vai depender do que os médicos determinarem, o que eles avaliarem que é melhor. A decisão diz que ele pode ficar até um ano lá, então dependemos do resultado dos exames para saber o que será feito”, disse o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini.

Ele explicou nesta quinta-feira (11) que o jovem passa por triagem médica. E de acordo com Jacini, os médicos devem avaliar se ele permanecerá sem acesso a televisão e jornais. “Tudo depende da avaliação médica. Nós vamos cumprir exatamente o que diz a determinação judicial, que ele deve ficar sozinho em um lugar com escolta e banho de sol, além de passar por avaliações médicas bimestrais e ser acompanhado por enfermeiros, que cumprirão o que os médicos determinarem depois dessa primeira avaliação”, afirmou o secretário.

Segundo a assessoria de comunicação do governo, ele deverá ser submetido periodicamente a tratamento psiquiátrico e psicológico, com isolamento dos demais condenados e ainda terá o acompanhamento da Secretaria de Estado de Saúde (SES).
A determinação judicial determina a interdição civil de Dhionathan, pois os laudos médicos enviados pela Santa Casa ao juizado dizem que o jovem oferece risco à sociedade.

 

(Com informações do Midiamax)

Fonte: redação