A Polícia Civil começou, nesta segunda-feira (8), os trabalhos de análise de imagens do assassinato do funkeiro Daniel Pellegrine, de 20 anos, conhecido como MC Daleste. O delegado Oswaldo Diez informou que foi montada uma força-tarefa pela polícia de Campinas para investigar o crime.

— É um caso complexo e não descartamos nenhuma hipótese, crime passional, vingança.

Ele foi morto com um tiro durante um show na noite de sábado (6), em Campinas. Imagens do momento em que o cantor foi atingido foram postadas na internet.

Funkeiro foi morto enquanto se apresentava no último sábado - Reprodução/Facebook
Funkeiro foi morto enquanto se apresentava no último sábado – Reprodução/Facebook

A Delegacia de Homicídios abriu inquérito nesta segunda-feira e informou que as imagens enviadas por populares e também feitas pela polícia, no dia do crime, vão ajudar a identificar o autor dos disparos. Serão ouvidas pessoas que estavam assistindo o show e também a equipe que acompanhava o cantor no palco.

Daleste foi atingido cerca de dez minutos após o início do show, às 22h40 do sábado, enquanto cantava no palco. Ele participava de um evento em um condomínio da CDHU, no bairro San Martin, periferia de Campinas. O corpo do MC Daleste foi enterrado na manhã desta segunda-feira, no Cemitério da Vila Formosa, zona leste de São Paulo.

– Do site Folha de São Paulo