Coluna do Mariano Maciel 

O PT não se pronunciou sobre quem apoiar ou o que fazer na disputada pela Presidência da Câmara

 Por Mariano Maciel 

Comando nacional do PT

Em conversa noutro dia com um ex-deputado federal do Acre, ele dizia à coluna que não sabe quem inventou, em Rio Branco, a notícia de que o governador Tião Viana é o mais cotado para a presidência nacional Partido dos Trabalhadores.

* “Sabe quando as lideranças petistas de São Paulo deixariam isso acontecer? Nunca” – afirmou.

Cotados

Na realidade o nome mais contado para presidir o PT é o do ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, seguido pelo senador Lindbergh Farias e o prefeito de São Paulo Fernando Haddad. O nome de Lula também aparece, mas segundo alguns, ele seria o oposto de uma renovação, como quer a maioria.

Recolhido

Até hoje o PT não se pronunciou sobre quem apoiar ou o que fazer na disputada para a presidência da Câmara dos Deputados. A bancada só tem uma certeza: entre os nomes postos à mesa, ninguém empolga.

Instabilidade política

O presidente Michel Temer disse no programa Roda Viva, que uma condenação ou prisão do ex-presidente Lula traria instabilidade ao país.

* "Se você me perguntar 'se Lula for preso isso causa um problema para o governo?' Eu acho que causa. Não para o governo, mas para o país. Porque haverá evidentemente movimentos sociais. Toda vez que você tem um movimento social de contestação, especialmente de uma decisão do Judiciário, isso pode criar uma instabilidade", disse Temer ao ser questionado sobre o tema pelo jornalista Ricardo Noblat.

Agenda

Ministro dos Transportes, Maurício Quintella, encaminhou convite aos parlamentares do Acre e Rondônia para prestigiar a agenda que cumprirá nos dois estados.

* Na sexta-feira 18, Quintella estará na Ponte de Abunã e depois se desloca, em veículos, para a Ponte sobre o Rio Madeira, na BR-364. Durante o percurso será realizada vistoria das obras de restauração da BR-425.

** Depois será a vez de Cruzeiro do Sul, no Acre, onde assinará a ordem de serviço para recuperação da BR 364, que se encontra em péssimas condições de trafegabilidade.

Troca de partidos

O polêmico deputado federal Jair Bolsonaro vai mesmo deixar o PSC e já negocia candidatura ao Planalto por outro partido. O deputado teria rompido com o presidente da legenda, Pastor Everaldo, após aliança com o PCdoB no Maranhão.

* Segundo informações, Bolsonaro conversa com o PR, o PRB e até o DEM em busca de espaço para disputar a eleição presidencial de 2018.

Sabá na Funai

O líder indígena Sabá Manchineri recebeu na semana passada o apoio de lideranças e de políticos da bancada do Acre para presidir a Funai. Se isso se confirmar, ele será o primeiro índio a administrar a fundação, um fato histórico para o Brasil.

* Um advogado paulista também disputa o cargo por indicação do PSDB e, segundo informações, contaria com o apoio do senador Romero Jucá. A queda-de-braço deve ter novos desmembramentos nesta semana.

Frase

“Qual é meu sonho? O povo olhar pra mim e dizer: “Esse sujeito aí colocou o Brasil nos trilhos. Não transformou na segunda economia do mundo, mas colocou nos trilhos” – do presidente Michel Temer, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura.

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.