Governo inicia Plano Agrícola de Capixaba e Senador Guiomard investindo R$ 4,7 milhões

Só este ano, o Plano prevê um investimento de R$ 101 milhões em todo o Acre, sendo R$ 22 milhões só para a região do Baixo Acre.

 Por Samuel Bryan 

Tião Viana

Só este ano, o Plano Agrícola do governo prevê um investimento de R$ 101 milhões em todo o Acre, sendo R$ 22 milhões só para a região do Baixo Acre (Foto: Sérgio Vale)

Foi uma manhã de grandes anúncios para a população rural do Baixo Acre quando o governador Tião Viana se dirigiu nesta sexta-feira, 14, a Capixaba e Senador Guiomard, onde lançou o Plano Agrícola dos dois municípios, num investimento de R$ 4,7 milhões, beneficiando 904 famílias diretamente na região.

O Plano Agrícola é um instrumento de gestão da Secretaria de Estado Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), que reúne todos os investimentos e ações programados para 2017, em cada município.

Para Tião Viana, a apresentação do Plano Agrícola em todos os municípios, reunindo produtores e cooperativas, faz parte de um leque de conquistas do setor em sua gestão, como o avanço no preço de produtos extrativistas como castanha e borracha, a indústria de Granulado Escuro Brasileiro (GEB) em Sena Madureira, mais de 15 mil colmeias distribuídas para famílias da cadeia do mel, a expectativa de chegar a cinco milhões de pés de açaí plantados até 2018 e a safra recorde de milho este ano.

“Esse é um esforço do governo e, sobretudo, uma confiança na classe trabalhadora rural, mesmo num momento de crise nacional, porque é dela que vem o futuro do Acre. Nosso estado está entrando num processo de aceleramento de sua agroindustrialização e o resultado é uma grande expectativa. É esse Acre que temos que unir para prosperar na vida das pessoas”, disse o governador.

Produtores confiantes

“Agora vamos dar sequência a esse sistema. Estamos numa situação boa, já dá pra se alegrar”, conta José Marques (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Em ambos os anúncios, dezenas de produtores e representantes de associações rurais se reuniram para ouvir do governador as novidades do Plano Agrícola para este ano.

Em Capixaba, o governo do Estado vai injetar R$ 3,4 milhões no fortalecimento das cadeias produtivas da borracha, mel, horticultura, suinocultura e fruticultura, contemplando 538 agricultores familiares.

José Marques, de 67 anos, produtor da Baixa Verde, com mais 55 associados, vê o momento como oportuno. “A gente está feliz, porque hoje estamos vendo a agricultura tomando forma e força. O milho este ano teve um plantio grande, consegui fazer um plantio de feijão a altura, que fazia tempo que não conseguíamos, e agora vamos dar sequência a esse sistema. Estamos numa situação boa, já dá pra se alegrar”, conta.

Já em Senador Guiomard, o governo vai potencializar, por meio do plano agrícola, 366 famílias de produtores com o investimento de R$ 1,3 milhão. No município serão trabalhadas as cadeias produtivas da borracha, mel, fruticultura e horticultura.

Para Roberto da Graça, o Robertinho, 59, assentado numa região do município junto com mais 115 famílias produtoras, esse é um momento de comemorar. “Mesmo num momento de crise, estamos sendo contemplados com esse investimento. Isso vai alavancar a nossa cadeia produtiva”, ressalta.

Fortalecimento das cadeias

Segundo o secretário Neto Thaumaturgo, os recursos do Plano Agrícola também abrangem os investimentos destinados ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o Plano de Desenvolvimento Comunitário (PDC), ações de mecanização agrícola e aquisição de veículos.

“Só no Baixo Acre serão beneficiadas mais de 4.500 famílias. Isso vai contemplar as cadeias desde a criação de animais, extrativismo e mecanização. O que nós queremos é que esses recursos cheguem a todos os produtores para melhorar suas vidas e alavancar a produção”.

O senador Jorge Viana esteve nas solenidades de início do Plano nos dois municípios e como grande apoiador do desenvolvimento rural do Acre completou: “Nesses tempos de extrema dificuldade que o Brasil e sua população vivem, só com notícias ruins de cortes no orçamento e desemprego, a gente poder fazer um anúncio de investimento desses pelo governo do Acre é um presente. Eu fico contente porque era isso que o Brasil era para estar vivendo”.

O que disseram

“A gente tem participado de todos os lançamentos do Plano Agrícola nos municípios junto com o governador Tião Viana. São recursos significativos para nossa produção, gerando uma série de instrumentos para geração de emprego e renda no maior princípio da nossa economia”
Daniel Zen, deputado estadual

“Fico muito feliz com a determinação do governador Tião Viana de continuar investindo no setor produtivo. Isso mostra que o governo é parceiro do produtor rural e dá uma resposta para a população rural que precisa de muito apoio”
Lourival Marques, deputado estadual

“Sabemos que a maior parte do alimento que está na nossa mesa vem da agricultura familiar e o governador Tião Viana está sempre de parabéns por ter esse olhar para o pequeno produtor como faz agora com esses planos”
André Vale, deputado estadual

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.

Esta notícia está na categoria Esporte. Marcar o link.