Governo conhece tecnologia para industrializar produção de macaxeira no Acre

Empresários conhecem experiência desenvolvida em uma das maiores indústrias do ramo no país 

Governador Tião Viana

Buscando potencializar a utilização e a produção de macaxeira no Acre, uma comitiva formada por empresários e gestores estaduais visitou na manhã desta quarta feira, 19, a segunda maior indústria de produção de fécula do país. A empresa Agrícola Horizonte Ltda., localizada em Marechal Cândido Rondon, no Paraná, é uma das principais referências na América Latina, devido à produção em escala e à qualidade do produto final.

A fécula ganha destaque no ramo de alimentos, podendo ser utilizada como matéria-prima de diversos produtos, além de ser uma das bases para a criação de tecidos.

Estiveram presentes na visita os deputados estaduais Jonas Lima e Lourival Marques, o prefeito de Mâncio Lima, Isaac Lima, os secretários de Estado João Neto Thaumaturgo e José Reis, o presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac) José Adriano, o governador Tião Viana e empresários do Acre e de Rondônia.

Para o secretário de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), Thaumaturgo Neto, é de fundamental importância conhecer novas experiências com o objetivo de potencializar o que está sendo produzido no Acre.

“Hoje, estamos conhecendo o que existe de mais moderno na produção de fécula. O Acre é um grande produtor de macaxeira e precisamos buscar exemplos que potencializem o trabalho dos nossos produtores rurais”, declarou o secretário.

A expectativa é a implantação de três agroindústrias de fécula no Acre. Possivelmente, as localidades contempladas serão as regiões do Juruá, Purus e Baixo Acre.

Tião Viana afirmou que a visita é uma grande oportunidade para conhecer o trabalho desenvolvido por uma das principais indústrias do país. “O nosso desejo é ampliar a produção e o aproveitamento da macaxeira no Acre, gerando valor agregado e mais renda para o produtor”, disse o governador.

No Acre já existem vários produtores que trabalham de forma artesanal, mas que precisam produzir em maior escala e qualidade, por isso se torna de extrema importância a implantação de indústrias que auxiliem essa produção.

A macaxeira já é um produto consolidado no Acre, e com o passar do tempo vem apontando resultados positivos na economia local, o que reflete em um crescente aumento da demanda do produto.

O proprietário da indústria Agrícola Horizonte, Osvino Ricardi, já conhece a farinha acreana e o seu processo de produção. O empresário, que possui clientes em toda Região Norte, ressaltou a qualidade do produto.

Osvino Ricardi

"Conheço muito bem a farinha produzida no Acre e posso afirmar, com toda minha experiência de mais de 40 anos no ramo, que a de Cruzeiro do Sul é a melhor do país” – Osvino Ricardi, Indústria Agrícola Horizonte.

Tião Viana

Texto e fotos: George Naylor || Diagramação : Adaildo Neto

:: Textos publicados nesta página são de inteira responsabilidade do colunista. Não refletem a opinião do Jornal.

.

Esta notícia está na categoria Esporte. Marcar o link.