Governo empossa mais de 230 novos servidores na Educação

Os 231 profissionais devem atuar nas escolas da capital e interior. A cerimônia de posse foi realizada no auditório da SEE em Rio Branco.

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), empossou nesta segunda-feira, 29, mais 231 novos servidores técnicos e professores efetivos. Os profissionais devem atuar nas escolas da rede estadual na capital e interior.

As convocações, realizadas em 28 de dezembro do ano passado pela Secretaria de Estado da Gestão Administrativa (SGA), se referem aos certames realizados pela SEE em 2013 e 2016.

“O Estado investe no fortalecimento da educação para que os bons resultados continuem sendo alcançados pelos nossos estudantes. Os dados mostram que a educação do Acre é referência nacional”, lembrou Sawana Carvalho, titular da SGA.

Somente nos últimos concursos públicos realizados pelo governo, mais de 2500 vagas foram abertas na Educação.

A convocação é parte do esforço para ampliar o quadro de profissionais na Educação e atender a demanda das instituições de ensino.

“Nesse momento encerramos tudo aquilo que foi proposto pelo governador Tião Viana, com a convocação de todos os profissionais. Funções docentes e não docentes, mas todas tão importantes no processo de ensino e aprendizagem”, afirmou o secretário de Educação e Esporte, Marco Brandão.

Os convocados

Os trabalhadores devem reforçar o quadro de apoio administrativo. Já os professores, lecionarão as disciplinas de artes cênicas, educação física, história e língua portuguesa.

João Marcos, técnico administrativo, lembra que fez a prova em 2013 e aguardava o chamamento ansiosamente.

Ele não chegou a perder as esperanças, mas ficou apreensivo com a aproximação do prazo de validade do concurso. Empossado, ele comemorou.

“A convocação foi um presentão. Ano Novo, vida nova e agora empregado!”, comemorou.

PM do Acre consegue aprovação em duas universidades de medicina no Enem

Marcos Paulo tentava conciliar o trabalho com os estudos: ‘Teve dia que eu vi o sol nascer’. Policial foi aprovado nas federais do Acre e Amazonas.

Nota mil na redação do Enem, acreano consegue aprovação em medicina (Foto: Arquivo pessoal)

Foi nas horas livres do trabalho que o jovem policial militar Marcos Paulo de Carvalho, de 27 anos, se dedicou e estudou para realizar o sonho de ser médico.

Ele é da banda da PM, e não tem horário fixo de trabalho, mas seu esforço foi recompensado com a aprovação no curso de medicina.

Ele passou em duas universidades, todas públicas: Universidade Federal do Acre (Ufac) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Nota mil na redação do Enem, o jovem se diz surpreso e considera que a redação foi indispensável para conseguir a vaga no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os resultados foram divulgados nesta segunda-feira (29).

O jovem, que sempre estudou em escola pública, conta que, desde que concluiu o ensino médio, fazia questão de participar do Enem para continuar se testando. Segundo ele, das outras vezes, não tinha se dedicado aos estudos para fazer e conseguia passar em cursos menos concorridos.

“Em 2016, consegui uma média relativamente boa e deu para passar em direito, mas sempre quis fazer medicina. Pensei que, como consegui passar sem me dedicar, se eu estudasse, talvez conseguisse a medicina. Resolvi estudar em 2017. Foi bem puxado porque trabalho e não tenho como ter uma rotina fixa de estudos, mas o tempo que eu tinha era para estudar e deu certo”, comemora.

Carvalho explica que a Ufac era sua primeira opção no Sisu e a Ufam a segunda, como passou nas duas, o sistema automaticamente seleciona a primeira. Ele afirma que teve dificuldades com o tema da redação e que não foi a matéria que mais se dedicou ao longo do ano nos estudos.

“Atribuo essa conquista a uma questão de esforço mesmo. Tinha dia que eu começava a estudar às 16h e terminava 1h, mas teve dia que eu vi o sol nascer. Valeu muito a pena. Meu foco foi ciências da natureza, nem fiz muitas redações no ano, tive dificuldade com tema, perdi até bastante tempo na redação, foi uma surpresa a nota”, disse.

O jovem dá uma dica aos estudantes que pretendem se dar bem no próximo Enem. Segundo ele, o fundamental, além do foco nos estudos, é se desligar das pressões e ir fazer a prova com tranquilidade e confiança.

“A pessoa tem que se esforçar o máximo possível, tentar esquecer os problemas e a pressão familiar, principalmente, no caso dos mais novos que estão saindo do ensino médio. Não tive muito essa pressão por já ter um emprego. Acho que isso conta muito na prova. Estudar, confiar em você mesmo e ir sem pressão e com apoio dos familiares”, concluiu.

O tema da redação do Enem 2017, “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil” teve apenas 53 pessoas em todo o Brasil com a nota máxima. O número representa uma queda no total, já que no ano anterior foram 77 notas máximas obtidas na prova. A nota média da redação passou de 541,9 para 558.

Do G1 Acre

Educação se reúne com pais de alunos dos Colégios Militares do Acre

O encontro foi realizado na Universidade Federal do Acre (Ufac). A próxima reunião ficou marcada para o dia 7 de Fevereiro.

 Por Mágila Campos / Assessoria 

A Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) realizou a primeira reunião com os pais e responsáveis dos alunos matriculados nos Colégios Militares do Acre. 

Durante a conversa, Marco Brandão, chefe da pasta, apresentou aos responsáveis normas dos dois novos estabelecimentos de ensino, tanto do ponto de vista pedagógico quanto estrutural.

Brandão lembrou que os professores responsáveis pelas aulas serão da rede estadual. No entanto, a administração será responsabilidade dos militares. O Colégio Tiradentes será administrado pela Polícia Militar do Acre (PM/AC) e o Dom Pedro II, pelo Corpo de Bombeiros.

“Algumas mudanças vão diferenciar o Colégio Militar das demais escolas. A disciplina é uma delas, mas isso não quer dizer que os pais devem deixar a educação exclusiva para a escola, porque isso é papel da família. Precisamos caminhar juntos, e hoje estamos aqui para alinhar isso”, destaca o secretário.

O maior rigor e disciplina foi o principal motivo que fez a dona de casa Rosangela Lima matricular o filho de 12 anos em uma delas. “É muito difícil criar um filho sozinha, acredito que o Colégio Militar vai me ajudar nisso”, conta.

Os colégios militares são uma novidade no Estado e estão em fase de implantação. Para este ano, foram disponibilizadas 1.120 vagas, entre filhos de militares e a comunidade em geral.

Diretora que venceu Prêmio Gestão Escolar fará intercâmbio nos EUA

Escola venceu a etapa estadual do Prêmio Gestão Escolar e a vigem é parte da premiação.

Viajar para os Estados Unidos da América e conhecer os modelos educacionais americanos é o sonho de muitos gestores brasileiros. Rosa Lebre, diretora da Escola Estadual Valério Caldas Magalhães, de Cruzeiro do Sul, vai realizar esse desejo.

Em março próximo ela embarca para o país, onde fará um intercâmbio de pelo menos 10 dias no continente americano. A viagem é parte da bonificação recebida na edição 2017 do Prêmio Gestão Escolar, já que sua escola foi a vencedora da fase estadual no Acre. Além da viagem, a instituição ganhou R$10 mil.

Rosa Lebre conta que tem muitas expectativas para a viagem, que será de 4 a 14 de março, especialmente porque sua escola trabalha com a Educação de Jovens e Adultos (EJA), modalidade de ensino voltada para pessoas que têm 15 anos ou mais de idade e estão em distorção idade/série.

“O intercâmbio vai ampliar meus conhecimentos para que eu possa colocá-los em prática na escola e melhorar cada vez mais a qualidade de ensino dos nossos jovens, que pela modalidade de ensino são discriminados”, conta.

Os obstáculos, segundo a diretora, são superados com comprometimento, união e trabalho em equipe. “Já estamos mostrando que nossos alunos são tão capazes quanto os das demais modalidades.”

A diretora explica também que será uma oportunidade para compartilhar seu modelo de gestão não só com os gestores brasileiros, mas estrangeiros também. “Será uma troca que vai contribuir para o avanço da qualidade de ensino da nossa região.”

Além da gestora acreana, participarão do intercâmbio os diretores das escolas que foram destaque em todos os estados brasileiros e os vencedores das etapas nacionais das cinco regiões do país.

Durante o intercâmbio, que possui viés tanto cultural quanto educacional, os diretores participarão de diversas atividades, entre elas conhecer como funciona o sistema educacional público estadunidense, as escolas e os processos de gestão escolar norte-americanos.

Prêmio Gestão

O Prêmio Gestão Escolar é um reconhecimento do Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed) a projetos inovadores e gestões competentes na educação básica do ensino público brasileiro.

O secretário de Estado de Educação e Esporte, Marco Brandão, é coordenador nacional do prêmio, que busca estimular as transparências das gestões e incentivar o processo de melhoria contínua na escola pela elaboração de planos de ações, tendo como base uma autoavaliação.

No Acre, mais de 54 mil candidatos conferem resultado do Enem

A ansiedade que muitos candidatos compartilhavam após realizarem as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 acaba hoje. 

O resultado oficial do exame será divulgado na manhã desta quinta-feira, em todo o país, às 12 horas (horário oficial de Brasília), por voltas das 9 da manhã no estado.

Com isso, serão anunciadas as notas máximas e mínimas obtidas em cada prova objetiva, e, ainda, detalhes sobre as notas da prova de redação. Foram exatamente 54. 379 pessoas inscritas no Acre, totalizando cerca de 6,7 milhões de inscrições no Brasil.

A capital, Rio Branco, realizou o maior número de inscritos no Acre, com 34.710 mil pessoas, Cruzeiro do Sul ficou em segundo, com 8.240 mil, e Sena Madureira, com 2.015 participantes.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o resultado será divulgado somente após entrevista coletiva da presidente do Inep, Maria Inês Fini, e do ministro da Educação, Mendonça Filho.

Já o espelho da redação, usado para fins pedagógicos, não será divulgado por enquanto.

Inscritos

O número de participantes desta edição é 11% menor que ao Enem realizado em 2016, quando o estado teve 61.146 inscritos.  Conforme a Secretaria Estadual de Educação e Esporte do Acre (SEE), a redução no número de inscrições é consequência do Enem ter deixado de certificar o ensino médio.

Do total de participantes no Acre, 57,3% são mulheres e 42,7% são homens. A faixa etária com o maior número de candidatos é de 21 a 30 anos de idade, com 21.581.

Em relação ao nível de escolaridade, 74,8% já concluiu o ensino médio, 19,7% é concluinte este ano e 4,5%, são os chamados treineiros, que concluirão o ensino básico após 2017.

Consulta pela internet

Para ter acesso à nota do Enem 2017, o candidato que fez o exame deve acessar a Página do Participante, no site do Inep, e incluir seu CPF e a senha cadastrada.

Pesquisa coloca o curso de Direito da Ufac entre os 30 melhores do país

Ranking é baseado em porcentagem dos aprovados na 1ª fase da prova da OAB.

O curso de Direito da Universidade Federal do Acre (Ufac) foi destaque nacional. Em ranking baseado nos resultados do 23º Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o curso acreano se posicionou como o 28º melhor do país.

Dos quase 120 mil participantes, apenas 20.456 foram aprovados para a fase seguinte do exame. Ou seja, o percentual de aprovação (17,78%) foi bem menor do que o número de reprovados (82,22%).

Com base no total de participantes que compareceram à prova (e que foram aprovados), o blog Exame de Ordem destacou os cursos que obtiveram os melhores resultados, sendo que o Acre figura entre os 30 melhores do país. Da relação, apenas a Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas (FGV) é particular, sendo todas as outras instituições públicas.

DIREITO NO BRASIL

O Brasil possui mais de 1,2 mil cursos superiores de Direito. Com essa quantidade, o país se consagra como a nação com mais cursos de Direito no mundo, já que a soma total de faculdades do curso no mundo (fora os cursos do Brasil) totaliza 1,1 mil cursos.

Por contilnetnoticias.com

Governo do Acre anuncia ao menos três concursos para o ano de 2018; confira

Secretaria da Fazenda deve abrir 144 vagas, segundo o governo. Datas ainda não foram divulgadas. São ao menos três concursos anunciados para 2018, segundo o governo do Acre.

O governo do Acre listou alguns concursos que devem ser anunciados em 2018. De acordo com a Secretaria da Gestão Administrativa (SGA), são ao menos três concursos para o estado.

Um deles é para o cargo de soldado combatente do Corpo de Bombeiros. O governo informou que são 100 vagas e que está em fase de elaboração do projeto básico e que o segundo passo é contratar a empresa organizadora do concurso.

Estão previstos ainda concursos para a Secretaria da Fazenda (Sefaz), com oferta de 144 vagas para diversos cargos e também para compor o quadro da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) em cargos administrativos.

Porém, as vagas dos dois últimos ainda não foram definidas. Nenhum dos certames tem data definida para ocorrer.

Concursos em andamento

PM-AC – Soldado combatente e músico

Vagas ofertadas: 250

Fase atual: Investigação criminal e social/ Previsão de Conclusão da fase: Indefinido

Próximos atos: Homologação do Resultado Final do Concurso e Convocação para Matrícula no Curso de Formação

Polícia Civil: Auxiliar de Necropsia/ Agente/ Escrivão/ Delegado

Vagas ofertadas: 250

Fase atual: Exames médicos – Data de entrega dos exames: de 18 a 22 de dezembro de 2017/ Previsão de conclusão da fase: 10/01/2018

Próximos atos: Convocação para investigação criminal e social, Convocação para Matrícula no Curso de Formação, Homologação do Resultado Final do concurso e Nomeação e Posse.

Polícia Militar realiza sorteio de vagas para o Colégio Tiradentes

Colégio Tiradentes oferta vagas para filhos de militares e para a comunidade. Sorteio para vagas no Colégio Tiradentes foi realizado na manhã desta terça-feira, na Praça da Revolução.

 Por Jean Messias / Assessoria 

A Polícia Militar do Acre (PMAC) realizou na manhã desta terça-feira, 2, em frente ao quartel do Comando-Geral, o sorteio de 560 vagas para o Colégio Militar Tiradentes, que funcionará na região do Calafate.

Concorreram às vagas mais de dois mil jovens. O estabelecimento educacional será administrado pela instituição militar e as disciplinas serão ministradas por professores da rede pública de ensino.

De acordo com o comandante-geral da PMAC, coronel Júlio César dos Santos, o colégio é a realização do sonho de muitos policiais. “O colégio militar é um pedido antigo dos policiais que têm filhos com predisposição a serem militares e gostam de usar fardas, assim como temos jovens com sonhos de serem médicos, engenheiros, professores, entre outras profissões. Então, a escola vem para atender essa vocação e motivá-los a seguir as escolhas corretas na vida, pois serão ensinados valores cívicos e militares”, afirmou.

Janeide da Silva é mãe do estudante Ramon Mendes dos Santos, de 13 anos, que foi sorteado com uma das vagas para o Colégio Tiradentes. Ele fará o 8º ano.

“Pelo que sabemos, o estudo na escola militar é mais rígido em relação a tudo, e minha expectativa é a melhor possível para o futuro do meu filho”, enfatizou Janeide, alegre com o sorteio da vaga para o filho.

Sorteio para a Escola Dom Pedro II

Ainda nesta terça-feira, 2, em frente ao Comando-Geral do Corpo de Bombeiros (CBMAC), localizado no bairro Morada do Sol, será realizado o sorteio dos inscritos para o Colégio Dom Pedro II, que funcionará no bairro Rosalinda, sob a administração do CBMAC.

A partir das 14 horas serão sorteadas as vagas para os filhos de militares e às 16 horas se inicia o sorteio para a comunidade em geral.

Os nomes dos contemplados serão divulgados no dia 4 deste mês nas redes sociais das instituições, na agência Notícias do Acre e nos locais onde foram realizadas as inscrições, e dia 9 no Diário Oficial do Estado.

As matrículas devem ser abertas na segunda quinzena deste mês.

Mais 221 servidores efetivos da Educação são convocados pelo governo

Ao todo, são 221 servidores efetivos de apoio administrativo e também professores, ambos nível 2.

A edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira, 28, traz a última relação de cadastros de reservas convocados para inspeção médica, referentes ao concurso público da educação realizado em 2013.

Esse reforço nos quadros de profissionais da educação representa um acréscimo de cerca de R$ 900 mil na folha de pagamento.

O acréscimo desses profissionais no quadro de servidores efetivos do Estado deve impactar em R$ 708 mil na folha de pagamento.

Desde 2011, o governo do Acre já contratou cerca de 12 mil servidores públicos. Só para a Educação e a Saúde, por exemplo, foram quase 8 mil novos profissionais efetivos.

Para mais informações, acesse o Portal de Informações do Diário Oficial.

Professores terão reajuste de 6,81% no piso salarial de 2018

O anuncio foi feito pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. Com isso, o professor não poderá receber menos que R$ 2.455,00.

Os professores de todo o país terão um reajuste de 6,81% no piso salarial em 2018. Isso representa três por cento acima da inflação registrada em 2017. 

O reajuste depende do aumento do Valor Anual por Aluno, estimado pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Em 2017, cada estudante da rede pública custou, em média, R$ 2.875. E esse dinheiro para o reajuste vai sair, na sua grande maioria, dos estados e municípios.

Contudo, até esta terça-feira, dia 26, o Ministério da Educação ainda não havia publicado portaria, oficializado o reajuste salarial dos docentes. Isso deve acontecer até a sexta-feira próxima.

Por Agência Brasil