Paciente deverá receber indenização por ser tratada com equipamento de 3ª

2ª Turma Recursal manteve sentença que condenou unidade de saúde a pagar R$ 4 mil de indenização por danos morais a paciente.

Os membros da 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais da Comarca de Rio Branco decidiram manter condenação de unidade de saúde a pagar R$ 4 mil de indenização por danos morais, por ter colocado paciente em risco de contaminação quando funcionários do hospital usaram máquina de outra pessoa para tratamento de hemodiálise no reclamante.

Na decisão, publicada na edição n°6.171 do Diário da Justiça Eletrônico, da quarta-feira (8), os juízes de Direito Marcelo Coelho, Gilberto Matos e Zenice Mota, seguiram, à unanimidade, o voto da juíza-relatora, Mirla Regina, para manter a sentença emitida pelo Juizado Especial da Fazenda Pública da Comarca de Rio Branco.

A juíza de Direito Mirla Regina registrou que houve “risco real de contaminação” e “temor em contrair doenças por meio do aparelho de outros pacientes”, por isso, houve “abalo psíquico” da paciente e configurou dano moral.

Recursos e Decisão

Ambas as partes entraram com pedido de reforma da sentença (Recurso Inominado n°0604904-72.2015.8.01.0070). A unidade hospitalar pediu o afastamento da condenação ou redução do valor arbitrado e a paciente buscou a majoração da indenização por danos morais.

A relatora do apelo enfatizou que “a sentença merece ser confirmada por seus próprios fundamentos”. Portanto, a magistrada votou por “negar-se provimento a ambos os recursos, condenando os recorrentes ao pagamento das custas e honorários advocatícios”.

Por tjac.jus

Mutirão de cirurgias em Sena Madureira beneficia mais de 140 pessoas

O governo do Estado realizou mais de 600 cirurgias em mutirões recentemente, com ações em Senador Guiomard e Brasileia.

O governador Tião Viana visitou nesta terça-feira, 14, em Sena Madureira, os pacientes internados para mais um mutirão de cirurgias realizado pelo Estado no Hospital João Câncio Fernandes.

Mais de 140 pessoas estão na fila cirúrgica de vesícula e hérnia de disco no município, com pretensões de ser zerada nos próximos dias.

Com o mutirão, em vez de precisar viajar, agora essas pessoas terão suas cirurgias na comunidade, cercadas dos familiares, podendo se recuperar em casa.

Tião Viana destacou que em sua gestão mais de duas mil cirurgias já foram realizadas no hospital de Sena Madureira e mais de 700 crianças nascem na unidade por ano. Além de vesícula e hérnia, a expectativa é zerar as cirurgias ginecológicas até setembro.

“Agradeço profundamente a toda a equipe de médicos, enfermeiros e técnicos, além de anunciar para o povo de Sena Madureira que estamos superando a fase de licitação e vamos contratar a empresa que vai reformar o hospital da cidade para atender todos os sonhos e necessidades da comunidade”, disse o governador.

Ainda serão feitos mutirões em Tarauacá e Cruzeiro do Sul. Se interessou pela pauta? Para mais informações, basta entrar em contato com a assessoria da Secretaria de Estado de Saúde.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Veja nesta edição a entrevista com o Vice-presidente da Câmara de Brasileia, Rozevete Honorato ele que vai contar um pouco da sua carreira política e também falará da sua experiência como vereador de primeiro mandato.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Nesta entrevista o vereador Edu Queiroz falou da sua trajetória  política, inclusive dos seus três mandatos seguidos em legislaturas anteriores, assista!!!!

Acre vacinou mais de três mil crianças contra o sarampo

A Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo e a Poliomielite foi iniciada oficialmente em todo o país no último dia 6. No Acre, o governo antecipou e desde o 30 de julho já realiza a campanha.

Atualmente o foco da campanha é o sarampo, doença infecciosa e extremamente contagiosa que atinge principalmente as crianças e pode ser transmitida por meio de gotículas do nariz, da boca ou da garganta da pessoa infectada, quando ela fala, tosse ou espirra. Seus sintomas incluem manchas no corpo e no rosto, coceira, febre e tosse persistente, entre outros, e se não cuidada pode levar até a morte.

Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde o certificado de eliminação da circulação do vírus. Todavia, a doença voltou e a saúde de todo o país tem reunido esforços para controlar e eliminar o vírus.

No país, já são mais de 1,1 mil casos confirmados. No Acre, após 18 anos sem nenhum caso da doença, dois registros tiveram a confirmação pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). Para que esse numero não cresça, é de grande importância que os pais levem os filhos aos postos de saúde, já que a única maneira de prevenir a doença é a vacina (tríplice viral), que protege não só contra o sarampo, mas também contra a rubéola e a caxumba.

Segundos dados do Programa Nacional de Imunização do Acre (PNI), até o momento foram imunizadas pouco mais de três mil crianças, mas o objetivo é bem maior e tem como meta imunizar aproximadamente 63,5 mil até 31 de agosto, quando se encerra a campanha. Vale lembrar que o público alvo são crianças de um a menores de cinco anos.

“Não há outro método de prevenção que não seja a vacina. O número ainda é baixo, mas esperamos que os pais levem seus filhos até um posto ou centro de saúde mais próximo de casa e possa, com a vacina, proteger seu filho de uma doença que pode matar”, destaca Moisés Viana, diretor de Vigilância em Saúde da Sesacre.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Veja nesta edição a entrevista com o Vice-presidente da Câmara de Brasileia, Rozevete Honorato ele que vai contar um pouco da sua carreira política e também falará da sua experiência como vereador de primeiro mandato.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Nesta entrevista o vereador Edu Queiroz falou da sua trajetória  política, inclusive dos seus três mandatos seguidos em legislaturas anteriores, assista!!!!

Saúde divulga resultados preliminares de casos de sarampo no estado

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre), informou em coletiva realizada na tarde desta sexta-feira, 10, dois casos com confirmação preliminar de sarampo no Acre.

Por Andrey Santana

“Estamos fazendo a divulgação de resultados preliminares positivos do sarampo, em que, dos 16 casos suspeitos, dois receberam confirmação preliminar, pois de acordo com o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde somente após o resultado feito pela unidade referência, que é a Fiocruz, é que se pode afirmar o resultado conclusivo da doença”, explica do diretor de Vigilância em Saúde da Sesacre, Moisés Viana.

O primeiro caso é de uma criança de nove meses que está internada no Hospital da Criança em Rio Branco, devido complicações respiratórias em decorrência da doença. O segundo é uma adolescente de 13 anos, do município de Capixaba que já está fora de risco de complicações. Ambas passaram por exames clínicos em que foi confirmada a doença pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Com o planejamento da campanha nacional de vacinação contra poliomielite e sarampo, a secretaria já vinha realizando o alinhamento com as demais unidades de saúde estaduais e municipais para a forma de condução, em casos de suspeita da doença.

O diretor de Vigilância em Saúde, Moisés Viana, explica que as medidas de contenção são tomadas antes mesmo da confirmação do sarampo, por se tratar de uma doença altamente contagiosa.

“Todo caso suspeito é conduzido pela saúde estadual e dos municípios como um caso confirmado, por que o sarampo é uma doença altamente contagiosa, que se espalha muito rápido, ou seja, um profissional de saúde que atenda um paciente com suspeita de sarampo, imediatamente notifica esse caso, coleta a amostra para o exame que é feito no Lacen”, explica.

Viana completa que enquanto o resultado laboratorial é concluído, as equipes de saúde dos municípios realizam o bloqueio vacinal, “que é feito ao redor da localidade em que a pessoa com suspeita da doença reside, sendo vacinadas inclusive, crianças com mais de seis meses”, ressalta o diretor.

Há 18 anos o Acre não registrava nenhum caso de sarampo. Os pais precisam estar atentos à caderneta de vacinação das crianças para que essa doença não se torne um surto no estado.

Meta de vacinação

A campanha que teve início em 30 de julho tem a meta de alcançar 95% do público alvo que são crianças de até cinco anos de idade. O Ministério da Saúde enviou para o Acre um total de 73,3 mil doses de vacina contra o sarampo e 85,5 mil vacinas contra a poliomielite.

No Acre estão montados 185 postos fixos e móveis de vacinação, com 713  profissionais envolvidos . Sendo que o dia D da campanha será no dia 18 de agosto, em que as ações serão ainda mais intensificadas.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Nesta entrevista o vereador Edu Queiroz falou da sua trajetória  política, inclusive dos seus três mandatos seguidos em legislaturas anteriores, assista!!!!

Sesacre recebe doação de kits para instalação em Unidades de Saúde

Os kits serão instalados nas Unidades de Saúde, como UPA’s e hospitais.

Por Agnes Cavalcante

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre) recebeu na manhã desta quinta-feira, 09, a entrega de 55 kits conversores e antenas digitais, realizado pela Seja Digital, instituição responsável por operacionalizar a troca de sinal de televisão analógico para o digital.

Os kits serão instalados nas Unidades de Saúde, como UPA’s e hospitais.

A partir da próxima terça-feira, 14, os municípios do Bujari, Senador Guiomard e Rio Branco, serão os primeiros, no Acre, a terem o sinal analógico desligado, sendo substituído pelo digital.

O porta-voz da Seja Digital, Cleber Meireles, destaca a ação e que objetivo é que a população não fique desassistida. “Os usuários poderão acompanhar por meio dos televisores as chamadas aos atendimentos pelo o qual eles esperam. Além disso, poderão assistir com mais qualidade de som e imagem as programações televisivas”.

O Secretário de Saúde, Rui Arruda, enfatiza a entrega dos kits realizado pela Seja Digital. “É importante nesse momento em que o sinal analógico deixará de ser disponível no nosso estado, e a Seja Digital nos ofereceu esses kits. Então, todas as nossas unidades serão digital e podendo acompanhar as emissoras de televisão”.

A Seja Digital é uma corporação não governamental e sem fins lucrativos, responsável por realizar a troca de sinal analógico para o digital nas televisões no país. Criado por determinação da Anatel e tem como objetivo garantir que a população tenha acesso ao serviço.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Nesta entrevista o vereador Edu Queiroz falou da sua trajetória  política, inclusive dos seus três mandatos seguidos em legislaturas anteriores, assista!!!!

Segunda fase da Operação Gota começa nesta sexta

A campanha começou dia 25 de julho e já atendeu mais de 25 comunidades rurais e quase três mil pessoas nas regiões do Juruá e Tarauacá/Envira.

Por Agnes Cavalcante

Teve início nesta sexta-feira, 3, no Aeroporto Internacional de Rio Branco, a segunda fase da Operação Gota, que tem por objetivo melhorar os índices de cobertura vacinal nas comunidades de difícil acesso.

Até esta segunda-feira, 6, a operação, que tem a participação de enfermeiros, técnicos de enfermagem, servidores das secretarias estadual e municipal de Saúde, militares do Ministério da Defesa e da Aeronáutica, entre outros profissionais, atende 20 comunidades rurais de Xapuri e Sena Madureira.

Durante a ação, são ofertadas todas as imunizações disponíveis pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como vacinas contra sarampo, febre amarela e meningite, além de outras doenças que podem ser prevenidas, incluídas no Calendário Nacional de Vacinação e no Calendário Básico de Vacinação Indígena.

Com o apoio da Força Aérea Brasileira (FAB) a operação está sendo realizada no Acre e em outros estados da Região Norte, com o objetivo de garantir a atualização do calendário vacinal para as comunidades de difícil acesso.

De acordo a gerente de Imunização e Rede de Frios da Sesacre, Dora Holanda, a primeira etapa foi um sucesso. “Conseguimos atender comunidades de Feijó, Tarauacá, Jordão, Cruzeiro do Sul, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. Essa é uma ação de extrema importância para a promoção da saúde de quem mora em áreas de difícil acesso”.

Apoio

A força-tarefa é uma operação conjunta entre o Ministério da Saúde, Ministério da Defesa, Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre) e municípios, e para alcançar as áreas de difícil acesso terá o auxílio de helicópteros da FAB.

A meta é alcançar as populações ribeirinhas, rurais e comunidades indígenas, imunizando cerca de quatro mil pessoas em 46 localidades rurais.

Governo realiza mutirão de cirurgias em Brasileia neste fim de semana

O objetivo do mutirão é ampliar o acesso e reduzir o tempo de espera por cirurgias eletivas no estado.

Por Agnes Cavalcante

O governo do Estado dará continuidade ao projeto de mutirão de cirurgias realizando neste fim de semana e no feriado de 6 de Agosto (segunda-feira) os procedimentos eletivos em Brasileia junto ao hospital Raimundo Chaar.

Reunindo diversos profissionais, entre médicos, enfermeiros e anestesistas, além da equipe de apoio do hospital onde os procedimentos são realizados, o objetivo do mutirão é ampliar o acesso e reduzir o tempo de espera por cirurgias eletivas no estado.

Só em Senador Guiomard, há cerca de dois meses, foram realizadas mais de 500 cirurgias no mutirão, zerando a fila de hérnia de disco e de vesícula, dando comodidade aos pacientes de se recuperar próximo de casa sem precisar de encaminhamento via Tratamento Fora de Domicílio (TFD) até Rio Branco.

“Por ser um fim de semana com feriado prolongado, vamos atender Brasileia no sábado, domingo e segunda-feira, com as cirurgias de hérnia e de vesícula, e também lançar outra frente de trabalho em Sena Madureira, onde os pacientes já estão triados e os médicos vão fazer as consultas pré-operatórias e o risco cirúrgico para realizarmos outro mutirão em breve”, conta Lucia Carlos, presente na coordenação dos trabalhos.

Todo mutirão de cirurgias realizado pelo governo do Estado é integrado à Central de Regulação do Hospital das Clínicas (HC) e ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

Vila Campinas recebe ambulância do governo do estado

A ambulância, equipada para garantir todas as condições de atendimento em casos de urgência e emergência, representa um investimento de R$ 220 mil.

Por Agnes Cavalcante

Para atender a demanda da comunidade de Vila Campinas (cerca de 60 km da capital Rio Branco), foi entregue, uma ambulância que vai agilizar o transporte de pacientes que necessitem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Com a aquisição do veículo, o tempo de espera para atendimento é reduzido, tendo em vista que não será necessário o deslocamento de veículos de Rio Branco ou de outros municípios para a localidade.

De acordo com Luciete Fernandes, gerente administrativa da Unidade Mista Ana Nery em Vila Campinas, a ambulância que havia na unidade tinha muito tempo de uso e sempre precisava de manutenção. “Quando o Samu era acionado, recorríamos a Acrelândia, Senador Guiomard ou Plácido de Castro para o transporte das vítimas até a capital ou até a própria unidade de acordo com a necessidade do usuário”, explica.

Com uma população aproximada de oito mil habitantes, na região da Vila Campinas, às margens da BR-364, é muito comum a ocorrência de acidentes e também é cercada ramais, o que dificulta o trabalho de assistência e locomoção das vítimas. Deste modo, o ganho de uma ambulância para a localidade garante uma melhor assistência para os moradores da região.

“Estamos aqui fazendo a entrega dessas ambulâncias adquiridas em um esforço muito grande do nosso governador Tião Viana. Já é uma característica ir até as unidades de saúde do interior conhecer a realidade de perto, e quando é para fazer um investimento importante, como é uma ambulância, melhor ainda”, destaca Rui Arruda, secretário de Estado de Saúde.

Outros municípios

Nesta semana, o governador Tião Viana entregou quatro novas ambulâncias para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), resultado de um convênio de sete que simbolizam um investimento de R$ 1,5 milhão dos cofres do Estado.

O governador chegou, assim, à marca de 54 novos veículos entregues em toda sua gestão – de 2011 a 2018 -, presentes em todos os municípios do Acre.

Além da Vila Campinas, as novas ambulâncias serão enviadas a Brasileia, Manoel Urbano e uma à Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco.

Segundo a coordenadora do Samu no Acre, Lúcia Carlos, que está à frente do serviço há 15 anos, cerca de 300 profissionais em todo o estado fazem parte do atendimento de emergência, entre médicos, motoristas, telefonistas e técnicos.

“O desenvolvimento do Samu é histórico aqui no Acre. Renovamos nossa frota em quase 100%. Só este ano já são 17 viaturas. É um esforço muito grande para manter este serviço na rua, porque ele não é só veículos, mas pessoas. E isso nos deixa muito felizes, por saber que estamos atendendo a população”, explica Lúcia.

Em três dias, mutirão vai fazer 14 cirurgias de correção de lábio em Cruzeiro do Sul

Procedimentos ocorrem até o dia 2 de agosto. Novas avaliações de devem ser feitas durante esse período.

Uma equipe de especialistas vai fazer, no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, 14 cirurgias de correção de lábio leporino. Os procedimentos foram agendados com base em avaliação ambulatorial feita por especialistas em mutirão no mês de abril.

As cirurgias ocorrem no Hospital do Juruá, a partir desta terça-feira (31) e segue até 2 de agosto. Especialista em medicina intensiva, Victor Hugo, gerente do complexo regulador do Tratamento Fora do Domicílio (TFD), acredita que o mutirão melhora a qualidade de vida dos pacientes.

“Isso faz parte do fortalecimento da saúde do Juruá, trazendo especialistas. Essa equipe de cirurgias de lábio leporino é apenas mais uma especialidade que foi trazida. Outras, como neurocirurgias, neuropediatria e reumatologia já foram realizadas. Isso evita o deslocamento de pacientes para TFD e proporciona uma melhor qualidade de vida aos pacientes da região”, disse.

Além das cirurgias que estão agendadas, a equipe vai fazer a avaliação de outros pacientes. “Ainda neste final de semana, a equipe vai fazer avaliações em outros pacientes para selecionar para passarem por cirurgia no próximo mês para que possamos resolver a situação dessa especialidade aqui no Vale do Juruá”, destacou.

Do G1 Acre

Tião Viana fortalece Samu com entrega de novas ambulâncias

O governador chegou, à marca de 54 novos veículos entregues em toda sua gestão – de 2011 a 2018 -, presentes em todos os municípios do Acre.

O governador Tião Viana entregou na manhã desta segunda-feira, 30, quatro novas ambulâncias para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), na sede do serviço em Rio Branco, resultado de um convênio de sete que simbolizam um investimento de R$ 1,5 milhão dos cofres do Estado.

“São novas ambulâncias da melhor qualidade, para transportar vidas e para que as pessoas tenham a melhor oportunidade no serviço de urgência, o melhor atendimento e esperanças. Se foi urgência, estamos prontos para ajudar. E eu agradeço muito à equipe do Samu, que age com heroísmo”, disse Tião Viana.

As quatro novas ambulâncias serão enviadas a Brasileia, Manoel Urbano, Vila do V e à Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco.

Segundo a coordenadora do Samu no Acre, Lúcia Carlos, que está à frente do serviço há 15 anos, cerca de 300 profissionais em todo o estado fazem parte do atendimento de emergência, entre médicos, motoristas, telefonistas e técnicos.

“O desenvolvimento do Samu é histórico aqui no Acre. Renovamos nossa frota em quase 100%. Só este ano já são 17 viaturas. É um esforço muito grande para manter este serviço na rua, porque ele não é só veículos, mas pessoas. E isso nos deixa muito felizes, por saber que estamos atendendo a população”, explica Lúcia.

O secretário de Estado de Saúde, Rui Arruda, completa: “Ninguém quer usar este tipo de serviço, mas é bom, quando precisar, que a população tenha um atendimento de qualidade. Ter uma ambulância do Samu para atender é fundamental. E já tem virado rotina no governo entregarmos estes investimentos”.

3 de Julho Entrevistas 10ª Edição

Assista a entrevista com a Presidente da Associação dos Portadores de Hepatite do Alto Acre e conheça: Dos tipos de hepatite até o tratamento”.

3 de Julho Entrevistas 9ª Edição

Veja a entrevista com o Vereador Joelso Pontes que vai falar da sua experiência na política de Brasileia.