Caçamba com divida de R$ 40 mil é recuperada pela atual gestão

Veiculo danificado na época da enchente em Brasiléia foi enviado para uma oficina em Rio Branco durante a gestão passada que não pagou o concerto

WILIANDRO DERZE, assessoria PMB

Depois de encontrar os maquinários da Secretaria Municipal de Obras sucateadas no iníciodeste ano. O prefeito de Brasiléia, Everaldo Gomes trouxe no final da semana passada, uma

caçamba que estava em uma oficina

caçamba que estava em uma oficina

caçamba que estava em uma oficina em Rio Branco com dividas de mais de R$ 40 mil reais. Oveiculo estava há 17 meses quase que penhorada por falta de pagamento pelo seu concerto.

A caçamba que a antiga gestão deixou ser tomada pelas águas da enchente em 2012, queatingiu seriamente o município, danificando a mesma, foi levada para uma oficina em RioBranco e acabou sendo esquecida. O que deixou a atual gestão revoltada com a atitude,

devido não ter tido uma responsabilidade da efetuação do pagamento do concerto dacaçamba pela antiga administração.O prefeito Everaldo Gomes entregou a caçamba ao secretário de obras, Clécio Gadelha e

disse que a gestão tem compromisso com a população e sabe da necessidade do veiculopara as ações do município. “Essa caçamba ter ficado quase dois anos na oficina por falta

de pagamento é uma vergonha. Ao chegar à frente da gestão verificamos a situação doveiculo e providenciamos as analises financeira e administrativa para recuperar a caçamba.

caçamba que estava em uma oficina em Rio Branco

caçamba que estava em uma oficina em Rio Branco

Conseguimos, mas mostramos que todas as informações de que a gestão passada não tinhadeixado nenhuma divida caiu por terra, tendo em vista que a caçamba é mais uma, das várias

dividas que surgiram da antiga administração no município”, esclareceu o prefeito.Na entrega do veiculo o vereador Marivaldo Oliveira esteve presente acompanhando o

prefeito, e destacou a importância da caçamba para ampliar as ações necessárias para omunicípio. “Também fui um dos vereadores que reivindicou a recuperação da caçamba, assim

como pedi a punição a antiga gestão por ter deixado essa divida. O prefeito Everaldo Gomesestá de parabéns por recuperar o patrimônio público que vai beneficiar os trabalhos que vemsendo executados”, ressaltou.

O secretário, Clécio Gadelha disse que a caçamba vai apoiar e muito os serviços realizadosna área urbana de Brasiléia. “Estamos nos programando para o recolhimento de entulhos e

serviços diversos que começaremos a fazer na cidade. O apoio de mais um veiculo vai servirpara ampliar os serviços”, explicou.Todos os procedimentos de pedido de punição a antiga gestão que deixou a divida para a

administração atual do município já foram providenciadas. O que deve gerar mais algunsprocessos aos antigos administradores.

download (5)

download (4)

download (2)

download (1)

1ª Feira Interamazônia inicia nesta quinta-feira em Assis Brasil

“Estamos todos empolgados com a realização do evento”, disse o prefeito Dr. Bertinho.

A 1ª Expointer – Feira Internacional do Brasil, Peru e Bolívia, será iniciada logo mais às 19 horas, na cidade de Assis Brasil.

Para Dr. Betinho a ideia da feira é integrar os três países e criar um espaço ideal para transações comerciais

Para Dr. Betinho a ideia da feira é integrar os três países e criar um espaço ideal para transações comerciais

O         evento será realizado do dia 15 ao 18 e reunirá representantes dos três países.  A Expointer é a primeira feira internacional envolvendo empresários da tríplice fronteira e está sendo promovida por um grupo de empresários da cidade de Assis Brasil, com apoio da prefeitura daquele município.

De acordo com o prefeito de Assis Brasil, Dr. Betinho (PSDB), a expectativa da população é grande para com a realização do evento.

Ele diz que o objetivo da feira será integrar os três países e criar um ambiente favorável para transações comerciais. “Estamos todos empolgados com a realização do evento”, diz.

O prefeito de Assis Brasil diz que a prefeitura entrou apenas com o apoio institucional e que ele acredita que o evento trará bom retorno econômico para a cidade.

“A prefeitura está apoiando os organizadores em tudo o que podemos, pois acreditamos que seja mesmo uma excelente ideia. Será a oportunidade para exporem produtos, animais, mostrarem sua cultura, gastronomia e outras coisas”, diz.

Comissão aprova relatório de Gladson sobre energia elétrica

Comissão aprova relatório de Gladson sobre comercialização de energia elétrica

A Comissão de Minas e Energia da Câmara Federal aprovou por unanimidade na manhã desta quarta-feira 14, o voto do deputado federal Gladson Cameli (PP-AC), relator do Projeto de Lei 141, de 2011, alterando a Lei 10.848, de 2004, de autoria do deputado Weliton Prado (PT) que dispõe sobre a comercialização de energia elétrica.

Deputado Gladson Cameli – Foto: Divulgação

Deputado Gladson Cameli – Foto: Divulgação

Em seu teor, a matéria tem por finalidade exigir que as concessionárias, permissionárias e autorizadas de geração, distribuição e comercialização de energia elétrica informem aos consumidores, por meio eletrônico, sobre as interrupções de prestação de serviço. Para o autor do projeto a proposta justifica-se devido aos prejuízos decorrentes das interrupções de energia elétrica, que segundo ele, somente de posse dos dados relativos aos eventos, os consumidores estarão aptos a postular, administrativa ou judicialmente, a devida reparação do dano.

Gladson Cameli concordou com a Comissão de Defesa do Consumidor no que prevê a adoção de medidas apropriadas para a defesa dos direitos dos usuários de energia, e destacou em seu voto a necessidade de realização de alguns ajustes do substitutivo proposto pela Comissão, especialmente a exclusão das comercializadoras e a inclusão das transmissoras na relação das empresas que devem prestar as informações relativas às interrupções.

“Os conflitos envolvendo consumidores nas questões relacionadas a energia elétrica são constantes em todos os estados brasileiros. No Acre não é diferente, pois temos enfrentado prejuízos incalculáveis por conta da má qualidade dos serviços prestados pelas distribuidoras de energia. Ao longo dos anos venho buscando solucionar o problema junto a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal, trazendo inclusive a CPI da Energia Elétrica para apurar denúncias de irregularidades, que resultou em um relatório apontando várias falhas no sistema de energia do estado”, disse Cameli.

O substitutivo ao PL 141 altera a Lei 8.987 de 13 de fevereiro de 1995, que dispõe sobre o regime de concessão e permissão da prestação de serviços públicos previstos no Artigo 175 da Constituição Federal, que obriga o fornecedor de energia elétrica, responsável pela emissão da fatura de cobranças ao consumidor final, informar por meio de seu site oficial o número de vezes, os horários de início e término e os motivos apurados das interrupções de energia elétrica.

A informação deve ser disponibilizadas ao público no máximo em 15 dias após a ocorrência da interrupção, independentemente da origem do problema ser causada na geração, transmissão ou distribuição de energia.

Todas as entidades envolvidas no processo são responsáveis e solidárias perante o consumidor e estão obrigados a fornecer os dados necessários para que a informação seja disponibilizada ao consumidor, e o não cumprimento da Lei sujeita a empresa infratora as sanções prevista na Lei 8.078, incluindo detenção de três meses a um ano e multa.

Marcio Bittar comemora aprovação do Orçamento Impositivo

 A votação do Orçamento Impositivo foi uma bandeira de campanha

O primeiro-secretário da Câmara, deputado Marcio Bittar (PSDB-AC), classificou de “grande avanço para por fim ao toma-lá-dá-cá entre Executivo e Congresso” a aprovação na terça-feira, 13, em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição do Orçamento Impositivo (PEC 565/06), que torna obrigatória a execução orçamentária e financeira das emendas parlamentares ao Orçamento até o total global de 1% da receita corrente líquida realizada no ano anterior. A PEC foi aprovada por 378 votos a 48 e 13 abstenções. Agora, o texto precisa se votado em segundo turno antes de ser enviado ao Senado.

Deputado Federal Márcio Bittar – Foto: Divulgação

Deputado Federal Márcio Bittar – Foto: Divulgação

“Como acreano e integrante da Mesa Diretora da Câmara, sinto-me horando em ter trabalhado para acabar com esse toma-lá-cá-dá”, ressaltou Marcio Bittar. A votação do Orçamento Impositivo foi uma bandeira de campanha da atual Mesa Diretora, encabeçada pelo presidente Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Depois de eleição, a Mesa adorou várias medidas para cumprir as promessas feitas durante a campanha. A primeira delas foi o fim do pagamento dos 14º e 15º salários pagos aos deputados.

De acordo com Bittar, a aprovação do Orçamento Impositivo também representa o resgate da autoestima e das prerrogativas do Congresso Nacional. Também, segundo o deputado, a medida vai garantir mais tranquilidade aos prefeitos e governadores. “Por exemplo, quando for aprovada uma emenda, eles terão a garantia de que os recursos serão liberados”. Atualmente, o Executivo libera as emendas parlamentares à medida que seus interesses são atendidos por deputados e senadores. Cada parlamentar tem direito a R$ 15 milhões em emendas.

O grande expediente o primeiro vereador a usar a tribuna foi Vereador Bil

Prefeitura E Governo elaborem projetos voltados para o incentivo ao esporte no município.

Cumprimentou a todos,  figo muito feliz pela transmissão da sessão em uma caixa de som no mercado municipal, parabenizou a Prefeitura Por ter contemplado o ramal do Porto Carlos com melhorias. Parabenizou os pais pelo seu dia. Parabenizou a Secretaria De Bem estar social pela conferência realizada no município.

vereador Bil do PMDB

vereador Bil do PMDB

Em sua primeira indicação solicitou que a Secretaria De Obras realize limpeza na rua Antônio Lopes, Bairro Eldorado
Pediu que a Secretaria De Obras realize limpeza na rua Francisco de Assis Três botequins.
Indicou que a Prefeitura Melhore a Iluminação na Rua 5 de dezembro, bairro José Braúna.
Solicitou que a Empresas responsável pelo programa da Ruas do Povo, tome providências com relação aos caçambeiros que passam em alta velocidade, que estes reduzam a velocidade pelo menos nos bairros.
Pediu que o Governo informe quando será realizada a reforma no Ginásio de esportes.
Indicou que a Prefeitura E Governo elaborem projetos voltados para o incentivo ao esporte no município.
Pediu uma resposta do programa Ruas do Povo por que estão deixando pedaços de ruas sem melhorias.
Empresa responsável pela encosta, informe que obra está sendo feita na encosta do Rio Acre na frente do hospital porque ali colocaram rampas e segundo o vereador já caiu pessoas.

Deputado denuncia “político” de empreiteira que atua na BR-364

Segundo o parlamentar, que afirmou que a empreiteira estaria tapando os buracos da estrada com barro, o trecho da BR-364 entre Rio Branco e Sena 

O deputado Walter Prado (PEN) informou nesta terça-feira (13), que entrará com representação contra o Departamento Nacional de Infra-estrutura (Dnit). Prado suspeita de apadrinhamento político da empresa CCL que apesar de vencer a licitação para as obras da BR-364 – não estaria fazendo a recuperação do trecho sob sua responsabilidade.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Segundo o parlamentar, que afirmou que a empreiteira estaria tapando os buracos da estrada com barro, o trecho da BR-364 entre Rio Branco e Sena Madureira que está sendo recuperado pela empresa CCL, de Curitiba não vem recebendo os devidos reparos de acordo com o contrato firmado com o Dnit.

“Existe apadrinhamento político para que a empresa continue a executar obras na via. Quero saber na política quem está por trás dessa empresa. Deve ser um padrinho muito forte. Isso é um assunto sério. Afeta a todos”, declara Prado.

O deputado acrescentou que 20% dos recursos já devem ter sido pagos à empresa, entretanto, no lugar da camada asfaltica está sendo colocado barro, levando risco a vida dos condutores.

“Não podemos nos calar e fugir desse debate. Não podemos ficar tudo bacana, sendo que a grana já foi. Vou pedir todas as informações ao Dnit. Vou entrar com uma representação no Dnit pedindo esclarecimentos”, disse o parlamentar.

Prado ressaltou não entender o porquê do silêncio das pessoas que moram ao longo da rodovia. Para ele, “o povo do Acre tem que acordar também, pois quem paga manda”.

PC Do B Aceita Cargo Na Gestão Tucana E Deixa FPA De Assis Brasil

Na última sessão na Câmara de Vereadores do município, o clima esquentou entre a parlamentar comunista e a base de oposição 

Neudo Lopes da Silva (PT), recebendo a chave simbólica da presidencia da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Assis Brasil no inicio do ano

Neudo Lopes da Silva (PT), recebendo a chave simbólica da presidencia da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Assis Brasil no inicio do ano

Pelo que tudo indica o prefeito de Assis Brasil, Humberto Filho (PSDB), a partir de agora vai poder contar com a maioria na Câmara de Vereadores do município. Para conseguir tal feito bastou ofertar um cargo na gestão ao casal que comanda o PC do B de Assis Brasil, Vereadora Antônia Alves e o ex vice-prefeito da cidade, Antônio Ribeiro Cavalcante.

Na última sessão na Câmara de Vereadores do município, o clima esquentou entre a parlamentar comunista e a base de oposição formada por quatro vereadores do PT. A vereadora Toinha (PC do B), como é conhecida na cidade, metralhou contra o presidente da Casa, vereador Neudo Lopes (PT) acusando que tinha quebrado um acordo que existia entre os dois partidos que eram aliados.

No mesmo dia o vereador Neudo Lopes havia demitido o filho da vereadora Toinha, Cherlivan Cavalcante, que exercia o cargo de assessor de comunicação da Câmara. Segundo o presidente, o jovem foi demitido por insubordinação e falta de compromisso com o trabalho.

A notícia que a vereadora Toinha, seu esposo e seu filho agora apoiam o prefeito Betinho não gerou muita surpresa na cidade, já que muitos apostavam que isso ia acontecer em breve. Por outro lado, o clima também esquentou na base aliada do prefeito que não aceita a presença da família comunista na gestão tucana.

Segundo informações, o prefeito do PSDB ofereceu um cargo com remuneração de 2 mil reais para o filho da vereadora do PC do B. Em troca a Parlamentar comunista deve integrar a base de apoio ao prefeito.

fonte sentinela da fronteira

Perpétua Almeida reafirma ser candidata ao Senado em 2014

Perpétua Almeida reafirma ser candidata ao Senado em 2014

Os dirigentes regionais do PCdoB e presidentes de diretórios municipais de todo o estado se reuniram na manhã desta terça-feira, 13, no auditório da Assembleia Legislativa para discutir o calendário de atividades do partido para o próximo semestre.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A partir deste mês, o PCdoB inicia uma série de conferências municipais, em seguida fará uma conferência estadual, de onde sairão as diretrizes do partido para as eleições do ano que vem no Acre. A mobilização para as conferências já foi iniciada em todo o estado.

“É uma dificuldade grande para a gente chegar à capital e quando o partido faz esses eventos mobiliza de qualquer lugar do estado os membros para participar”, declara Rosimar Oliveira, vereador do PCdoB em Santa Rosa do Purus.

Na reunião desta terça-feira também foi discutida a participação de representantes do Acre no encontro nacional do PCdoB, que acontece em novembro, e a indicação de propostas locais para compor a agenda nacional do partido.

“Os líderes do PCdoB em todo o estado estão aqui para lançarmos o 13º congresso do partido, que será em São Paulo em novembro, e nesse processo vem a discussão do partido nas várias fretes de luta, sindical, institucional e parlamentar”, explica o deputado Moisés Diniz, presidente regional do PCdoB.

O ex-presidente regional do PCdoB e atual secretário estadual de indústria e comércio, Edvaldo Magalhães, também participou do encontro desta terça-feira. Ele falou do atual momento político da Frente Popular e da possibilidade de um consenso para o PCdoB compor a chapa majoritária do bloco político em 2014.

“Nós temos duas certezas: a de que a Perpétua é o nome talhado e adequado nesse momento para a disputa do Senado, da Frente Popular, e a segunda certeza é que vamos trabalhar intensamente para que ela seja a única candidata da Frente Popular”, declara Edvaldo Magalhães.

Durante o encontro, a deputada federal Perpétua Almeida apresentou oficialmente o nome dela como futura candidata do PCdoB ao Senado. Caso o quadro político atual permaneça inalterado até 2014 ela disputará a única vaga para o senado com pelos menos outros dois candidatos.

“Acho que o eleitor é que tem que decidir quem ele quer que se eleja. Podem ter cem candidatos, como podem ter dois, ele é quem vai decidir sempre”, disse a deputada.

Fonte: agazetanet

Manifestantes queimam foto de Governador durante ato em Cruzeiro do Sul

Durante a manifestação os populares repudiaram a falta de ação do governador em Cruzeiro do Sul queimando a foto do gestor estadual

Manifestantes queimam a imagem do governador Tião Viana durante protesto/Foto: tribunadojurua

Manifestantes queimam a imagem do governador Tião Viana durante protesto/Foto: tribunadojurua

Em busca de melhores condições estruturais para Defensoria de Cruzeiro do Sul (AC), a população cruzeirense, através da organização dos presidentes dos bairros do Remanso e Nossa Senhora das Graças, realizou na manhã desta terça-feira (13) uma manifestação pelas ruas da cidade. Diversas faixas e cartazes pediam maior estrutura física para que os defensores tenham condições de atender a população qualificadamente.

Presidente da Associação dos Defensores Públicos do Acre (ADPACRE), Gérson Boaventura

Presidente da Associação dos Defensores Públicos do Acre (ADPACRE), Gérson Boaventura

A reivindicação iniciou na frente da Defensoria Pública, e em seguida os manifestantes percorreram as principais ruas do centro da cidade. A população pede melhores condições de trabalho, veículos novos e aumento de repasse no salário dos defensores para pelo menos 1%, que atualmente é de 0,45%. Segundo o defensor público Gerson Boaventura, presidente da Associação dos Defensores Públicos do Acre (ADPACRE), atualmente um dos maiores problemas encontrados pelos defensores é a falta de internet, que acaba aglomerando um grande número de pessoas no atendimento.

“Nós estamos vendo essa mobilização com muita alegria. Foi a população que não suportando as péssimas condições da defensoria pública no estado realizou essa manifestação. Nós aumentamos o quadro de defensores, estamos em negociações com o governo, mas de prático de real não temos nada, por exemplo, falta internet no interior para os defensores trabalharem, o que causa muitas dificuldades”, mencionou.

Durante o manifesto a foto do governador do Acre, Tião Viana, foi queimada como ato de repúdio à falta de ação do governante junto ao poder público. A presidente do bairro Nossa Senhora das Graças, Socorro Queiroz, explicou que depois da reunião realizada na semana passada com outros presidentes de bairro, e população em geral, os manifestantes decidiram reivindicar em busca de melhorias para defensoria e conseqüentemente para população.

“Formamos uma comissão e convidamos a população daqui do município, e também de Rodrigues Alves e de Mâncio Lima, que também são atendidos aqui na defensoria. Esse manifesto é em defesa das melhorias da defensoria, no atendimento para que a população possa ter um espaço físico adequado”, relatou.

Foto: tribunadojurua

Foto: tribunadojurua

A falta de uma sede própria também faz parte dos problemas enfrentados pela Defensoria Pública. Hoje o local funciona alugado, e há dois meses está em atraso. O defensor geral, Dion Nobre Leal, falou que a quitação de um dos meses já será realizada, e outras providências também estão sendo tomadas para melhoria na qualidade do atendimento.

“ Nós encaramos todo e qualquer movimento popular legítimo, por que garante o pensamento de idéias. Me deparei com esse movimento vindo das ruas, estamos encarando com naturalidade. Estamos fazendo o possível para acabar os problemas, vamos disponibilizar uma caminhonete para essa comarca, já trouxemos o defensor que faltava, e a realização de concurso público para cargo de apoio está sendo também discutida com a categoria e o governo”, enfatizou.

Tribuna do Juruá – Vanísia Nery