Governador reúne bancada para agradecer apoio parlamentar

Tião Viana e deputados da bancada de apoio ao governo: parceria e trabalho pelo Acre

(Foto: Sérgio Vale)

(Foto: Sérgio Vale)

Tatiana Campos

Um gestor pouco poderia fazer pelo Estado que governa se não fosse o apoio do parlamento. Para agradecer todos os avanços alcançados, mesmo em meio a um ano de crise financeira, o governador Tião Viana reuniu a bancada de apoio na Assembleia Legislativa (Aleac) para agradecer a confiança e o empenho de cada um.

Durante a reunião a chefe da Casa Civil, Márcia Regina de Sousa, apresentou de forma resumida todos os projetos de lei que foram enviados à Aleac para votação ainda este ano, ressaltando a importância de cada um. Entre eles está o Auxílio Parteira, que vai beneficiar principalmente as parteiras que atuam nos quatro municípios isolados (Santa Rosa, Jordão, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo), ajustes e criação de planos de cargos, carreiras e remuneração (PCCR), incluindo o dos servidores do Instituto Acreprevidência e os técnicos agrícolas. Funções que estavam à margem de melhorias, como os motoristas oficiais, também foram contempladas nas propostas de lei.

O presidente da Aleac, deputado Elson Santiago, agradeceu, em nome de todos, o reconhecimento do governador Tião Viana, parabenizou-o pela gestão e pelos resultados apresentados pelas pesquisas e garantiu que haverá empenho para que os projetos sejam votados.

“O mais demorado não é votar os projetos, mas prepará-los para votação, um trâmite que precisa ser cumprido dentro da casa. Mas nós temos visto os resultados deste governo e sabemos da importância do nosso papel para o desenvolvimento do Estado”, disse Santiago.

Viana reuniu a bancada de apoio na Assembleia Legislativa (Aleac) para agradecer a confiança e o empenho de cada um.

Durante a reunião a chefe da Casa Civil, Márcia Regina de Sousa, apresentou de forma resumida todos os projetos de lei que foram enviados à Aleac para votação ainda este ano, ressaltando a importância de cada um. Entre eles está o Auxílio Parteira, que vai beneficiar principalmente as parteiras que atuam nos quatro municípios isolados (Santa Rosa, Jordão, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo), ajustes e criação de planos de cargos, carreiras e remuneração (PCCR), incluindo o dos servidores do Instituto Acreprevidência e os técnicos agrícolas. Funções que estavam à margem de melhorias, como os motoristas oficiais, também foram contempladas nas propostas de lei.

O presidente da Aleac, deputado Elson Santiago, agradeceu, em nome de todos, o reconhecimento do governador Tião Viana, parabenizou-o pela gestão e pelos resultados apresentados pelas pesquisas e garantiu que haverá empenho para que os projetos sejam votados.

“O mais demorado não é votar os projetos, mas prepará-los para votação, um trâmite que precisa ser cumprido dentro da casa. Mas nós temos visto os resultados deste governo e sabemos da importância do nosso papel para o desenvolvimento do Estado”, disse Santiago.

Câmara de Brasiléia vota orçamento de 15% para remanejar em 2014

Votação durou toda a manhã desta terça-feira

Veja vídeo reportagem com Almir Andrade abaixo

Foi como se esperava de uma sessão extraordinária, onde os 11 vereadores do município de  Brasiléia debateram pedido de remanejamento do orçamento disponível para 2014, pouco mais de R$ 30 milhões, onde foi pedido 30% pela prefeitura.

Quem esteve presente durante toda a primeira sessão se viu discussões, acusações, lições morais e de bons costumes, defesa de consciência, entre outros temas e vários pedidos de recessos para debates sobre o orçamento.

O tema maior foi em relação ao remanejo do orçamento destinado ao homem do campo e quem devia fazer. Uns defenderam que a Secretaria Municipal de Agricultura deveria ser responsável pela manutenção de forma geral, onde se inclui até os cuidados com os ramais. Já outros, defenderam que deveria ser pela Secretaria de Obras e assim foi os debates.

Próximo ao meio-dia, depois de muitos debates, alguns vereadores da oposição até sinalizaram em apoiar o pedido de 30%, dando impressão que a prefeitura teria o mesmo aval como administrações anteriores, onde passaram anos sem que dessem satisfações aos edis.

Com as votações em andamento, primeiramente foi votado o Plano Plurianual – PPA, onde foi aprovado por unanimidade entre todos os vereadores, partindo então, para o orçamento de 2014 e duas propostas foram apresentadas pelo bloco de situação e oposição; 20 e 15%.

Depois de alguns debates e novo pedido de recesso feito pela presidência, surpreendentemente, todos os vereadores haviam concordado em votar na proposta de 15%, metade pedido pela Prefeitura. Sem ressalvas e acreditando que seria o suficiente, foi aprovado por unanimidade.

Dessa forma, foi deixado claro que, mesmo com a maioria na Casa, Everaldo terá que fazer pedidos de suplementação orçamentária caso seja necessário em 2014. “Desta forma, iremos estar mais presente junto à Prefeitura. Iremos fiscalizar os investimentos e analisar os que por ventura, cheguem até aqui e que leve melhorias aos munícipes”, disse um dos vereadores.

A segunda sessão extraordinária foi marcada para a partir das 19 horas, onde outros debates e votações iriam acontecer e ser finalizados. Mais informações a qualquer momento.

Foto: Alexandre Lima

Foto: Alexandre Lima

 

Câmara de A. Brasil vota orçamento, DR. Betinho ira trabalha com 30%

Vereadores de Assis Brasil aprovam orçamento com 30% para prefeito trabalhar a “vontade”

Blog-Assis Agora

Câmara de Assis Brasil

Câmara municipal de Assis Brasil=foto Alemão

Na noite desta terça-feira os vereadores da cidade de Assis Brasil aprovaram o orçamento para 2014 com uma previsão orçamentária de pouco mais de 20 milhões. Deste montante o executivo municipal pediu 30% para trabalhar livremente sem ter que se preocupar com pedidos de suplementação.  

 
Como era previsto os vereadores da base aliada apoiaram o pedido do prefeito e tentaram convencer os demais. O debate durou alguns minutos e logo o Projeto entrou em votação.
 
Votaram pelos 30% os vereadores Manoel de Oliveira (PSDB), Manoel Aroldo (PMDB), Gilda Almeida (PP) e Antônia Cavalcante (PC do B). Os vereadores que votaram contra foram: Eunício Pereira (PT) e Jerry Correia (PT). O vereador Neudo Lopes (PT), presidente da casa só votava em caso de empate, já os vereadores Genilson Bezerra (DEM) e Ivelina Marques (PT) não participaram da sessão.
 
Para o vereador Jerry Correia aprovar um orçamento com 30% de remanejamento para o executivo é assinar um cheque em branco. “A Câmara de Vereadores de Assis Brasil já provou que a atual gestão faz descaso do Poder Legislativo. Foi o que aconteceu durante todo esse ano com a recusa de informações, a não observância de Leis, o desrespeito com os prazos e normas e tantas outras arbitrariedades. Agora imagina o prefeito com toda essa liberdade de remanejamento orçamentário na casa dos 30%? Veja que Brasiléia todos os vereadores aprovam 15%, assim como na maioria dos municípios do Acre. Assim como nós temos que ser uma oposição responsável, a base aliada que é a maioria também deve ser”, disse o vereador.

‘Ano muito produtivo’, diz presidente da Assembleia Legislativa

Deputado Élson Santiago considera bom o trabalho dos deputados.

Deputado Élson Santiago considera o ano como produtivo na Aleac (Foto: Caio Fulgêncio/G1)

Deputado Élson Santiago considera o ano como produtivo na Aleac (Foto: Caio Fulgêncio/G1)

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), Élson Santiago, considerou como produtivo o ano de 2013 na sessão desta terça-feira (17), prevista para ser a última do ano. Dentre as matérias votadas, o deputado cita algumas como as mais importantes como os empréstimos para a construção da Cidade do Povo e das obras da BR-364.

“A cada ano que passa, vamos melhorando as coisas. Eu sempre digo que se não tem uma boa atuação dos deputados, a casa também não fará um ano com grande proveito. Eu classifico como um ano muito produtivo”, fala.

Na sessão ainda estavam para votação 25 matérias oriundas do Poder Executivo. Segundo Santiago, caso essas matérias não sejam votadas, uma nova sessão pode ser marcada para a quarta-feira (18).

“Nós não podemos entrar em recesso antes de deixarmos as gavetas limpas. São 25 matérias importantes para nossa sociedade. São matérias que trazem benefícios a várias classes, como a dos motoristas que estão tendo os salários aumentados”, explica o deputado.

Santiago fala ainda que como projeto para 2014 tem a criação da Rádio e TV Assembleia. “Esse é o grande passo que desejamos fazer”, finaliza.

Caio Fulgêncio Do G1 AC

Em última sessão do ano, Aleac entrega títulos de Cidadão Acreano

Homenagem foi feita para personalidades que contribuem no estado.

Várias personalidades receberam o Título de Cidadão Acreano (Foto: Caio Fulgêncio/G1)

Várias personalidades receberam o Título de Cidadão Acreano (Foto: Caio Fulgêncio/G1)

Os 24 deputados estaduais que compõem a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) receberam na sessão desta terça-feira (17), a última prevista para o ano, vários convidados para a Solenidade de Outorga de Títulos de Cidadão Acreano e Moção de Aplausos.

Ao todo, foram entregues 82 títulos e 63 moções. Dentre os que receberam estavam médicos, jornalistas e outras personalidades que trabalham no estado. Cada deputado da casa podia escolher quatro pessoas para receber as honrarias.

De acordo com o presidente da Aleac, Élson Santiago (PEN), as homenagens ocorrem sempre no final do ano e são importantes para pessoas que chegam de outros lugares para contribuir no Acre.

“São escolhidos para receberem a honraria, as pessoas que chegaram de outros estados e países para somar aos acreanos e procurar desenvolver o estado. Pessoas que escolheram o Acre para viver”, disse Santiago.

Caio Fulgêncio Do G1 AC

EX-Aliado chama André Hassem de covarde e mau caráter.

Tá no facebook:

 FOTO-Facebook de Benjamin

FOTO-Facebook de Benjamim

Fonte-ACNoticias.com

Ex candidato a vereador afirma na internet  “esse prefeito (André Hassem) foi covarde nos enganou com a promessa que tinha um grupo e hoje nos abandonou, eu inclusive trabalhei por 12 anos pra esse mal caráter.” 

Epitaciolândia Acre ( 17) As acusações partem de ninguém  menos que um ex-fiel escudeiro de André Hassem: Benjamim de Castro Silva, o “Beja”, como é conhecido,  é formado em contabilidade  e amigo de longas datas de André Hassem  por quem tinha grande respeito e consideração.

Chegou até mesmo a se indispor com algumas pessoas fazendo a defesa do amigo André. Para se ter uma ideia do grau de proximidade ambos (junto com o ex secretário de finanças Tadeu Hassem) estudaram em Rondônia na mesma época.

Na ultima campanha “Beja” chegou a ser candidato a vereador para ajudar André. Nas carreatas “Beja” era um dos principais operadores, um dos homens da linha de frente. Mas o que parecia ser uma sólida amizade se revelou um farsa, assim  que André chegou ao poder Benjamim Casto Silva foi subutilizado pelo relegado da prefeitura em um cargo de segundo escalão pelo amigo prefeito,  e como prêmio mesmo tendo uma filhinha pra criar, foi demitido. A notícia caiu feito uma bomba, e a pergunta que todos se fazem é “se ao que o ajudaram André Hassem trata assim imagine aos adversários…

“ Não sou petista nem, mas sinceramente o Governo fez sim através do programa Ruas do Povo, um 

grande investimento na cidade. Passou asfalto em todos as ruas dos bairros: José Hassem, Satel, ao contrario do prefeito que vem verbas pra ele investir na saúde e quando vamos a tal forjada URPA não tem nada de remédios, MEUS PARABENIZAR AO GOVERNO, que independente de partido o importante é que ele faz…. coisa que o prefeito de Epitaciolândia nunca fez e nem vai fazer esse prefeito foi covarde nos enganou com a promessa que tinha um grupo e hj nos abandonou, eu inclusive trabalhei por 12 anos pra esse mal caráter.”

Benjamin Castro Silva, demitido pelo prefeito, é contador e foi candidato a vereador em 2012 apoiando André Hassem.

B

Graça Rocha fala que André é o pior prefeito de todos os tempo.

As palavras da presidente do Sinteac mais parecem uma canção do fenômeno pop

PROFESSORA GRAÇA ROCHA

PROFESSORA GRAÇA ROCHA

Epitaciolândia Acre (17) A professora Graça Rocha, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, em uma reunião na comunidade Guajará, zona rural de Epitaciolândia, afirmou em alto e bom som: “Todas as administrações que passaram por ai erraram. (em referência ao pai e a tio de André que já forma prefeitos) mas André Hassem é o pior prefeito dos últimos tempos”  afirmou a dirigente sindical.

As palavras da presidente do Sinteac mais parecem uma canção do fenômeno pop Anita ou do Luan Santana, pois é o que mais se ouve na boca da população. Até as crianças repetem.

FONTE-AC NOTÍCIAS.COM

VEJA O VÍDEO COM A PROFESSORA GRAÇA ROCHA

Prefeitura de Epitaciolândia na mira do tribunal de contas-TCE.

NA MIRA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO – TCE.

ALEMÃO MONTEIRO

 

Prefeitura de Epitaciolândia

Prefeitura de Epitaciolândia

Foi detectado nos quatro primeiros meses um gasto excessivo com folha de pagamento, e isso é Crime de Responsabilidade. O TCE recomendou a demitir todos os provisórios, reduzir os Cargos Comissionados e se ainda for pouco, ir demitindo os funcionários sem concurso de 1988 para cá, isso são normas, e ainda a prefeitura não pode contratar ninguém, criar cargos, fazer concursos nem provisório e tão pouco dar aumento de salário. Ressalto que o prefeito não está cumprindo as recomendações.

Novamente o segundo Relatório Quadrimestral acusou também os gastos excessivos com pessoal e virá novas recomendações e as punibilidades virão após completar o ano com o terceiro Relatório.
Os professores que lutam por aumento, que estão com a data base em atraso, o pessoal da saúde e os demais funcionários, têm que atentarem para estas normas:

A Lei diz que a Prefeitura não pode se aproximar de gastos com pessoal de 54%, o que foi ultrapassado no primeiro Relatório e também no segundo; enquanto o TCE analisar os Relatórios e estiverem acima do permitido, não existe possibilidade de aumento de salário para ninguém, e ainda mais, para que possa pensar em dar Aumento Salarial os gastos teriam que baixarem para em média 48%, que é para com o aumento não se aproximar dos 54%. Em Assembléia os Professores decidiram só iniciarem o Ano Letivo após o Aumento Salarial, se isso for cumprido, acredito que os alunos vão perder o ano, ou no mínimo o primeiro semestre.

Já pensou se todos os contratados provisórios entrarem na justiça para receberem os pagamentos em atraso, as despesas com pessoal aumentam ainda mais. ” Entenderam a minha preocupação em denunciar os Contratos Provisórios desde o inicio do ano???”Ressaltou o Vereador Portela.

Tião Viana é convidado para ser candidato pela Frente Popular

Governador não confirma candidatura e diz que vai ‘refletir com família’.

O governador Tião Viana (PT) ainda não confirma candidatura em 2014 (Foto: José Cruz / Agência Senado)

O governador Tião Viana (PT) ainda não confirma candidatura em 2014 (Foto: José Cruz / Agência Senado)

O governador do Acre, Tião Viana, participou da solenidade promovida pela Frente Popular Acreana (FPA), nesta segunda-feira (16) que oficializava o convite à reeleição do cargo em 2014 no Acre.

Representantes dos 20 partidos envolvidos na FPA leram no auditório da Federação de Indústria e Comércio (Fecomércio) um manifesto apoiando e propondo que Viana se candidatasse no próximo ano.

Apesar do convite e do clima de celebração, o governador não deu como certeza sua saída como candidato representando a Frente. Segundo ele, o convite deve ser avaliado junto à família e amigos. Além disso, Viana espera sentir apoio dos municípios antes de aceitar o convite.

“Hoje os partidos se reúnem e estendem um convite para que eu possa refletir com a minha família, com as pessoas que estão próximas a mim, em todos os municípios do estado para dizer qual a melhor contribuição que essa geração pode dar ao futuro do Acre”, declara.

Amanda Borges Do G1 AC

Romário Tavares será empossado como prefeito de Cruzeiro do Sul

Romário Tavares será empossado durante sessão na quarta-feira (18).

Romário Tavares assume a prefeitura de Cruzeiro do Sul (Foto: Genival Moura/G1)

Romário Tavares assume a prefeitura de Cruzeiro do Sul   (Foto: Genival Moura/G1)

A mesa diretora da Câmara de Vereadores deCruzeiro do Sul mesmo em recesso convocou uma sessão extraordinária para quarta-feira (18), em que o presidente da casa Romário Tavares (PSDB) deverá ser empossado como prefeito da cidade, após a cassação dos diplomas do atual prefeito Vagner Sales e do vice Mazinho Santiago, ambos do PMDB. O Tribunal Reginal Eleitoral (TRE-AC) ainda vai definir uma data em que será realizada uma nova eleição no município.

Após receber a comunicação do TRE/AC nesta segunda-feira (16), o juiz eleitoral da cidade Wagner Alcântara encaminhou o acórdão à Câmara Municipal que deve proceder de imediato à posse do novo prefeito. Porém, o vereador Romário Tavares que preside a mesa diretora da casa está em Rio Branco e só deve retornar nesta terça-feira (17).

“Essa minha viagem já estava agendada, eu estou em Rio Branco para receber minha carteira de técnico em laboratório, sou profissional dessa área. Chego a Cruzeiro do Sul na terça-feira e vou dar continuidade a todos os procedimentos para cumprir o que está sendo determinado pela justiça. Já convocamos uma sessão extraordinária para quarta-feira pois estamos de recesso”, explicou Romário Tavares por telefone ao G1.

O advogado Gilson Pescador que atua na defesa do prefeito, Vagner Sales, disse que protocolou nesta segunda-feira (16) no TRE/AC uma medida liminar numa ação cautelar pedindo a suspensão da decisão de cassar o diploma do prefeito.

“Além disso, entramos com embargos de declaração, porque no nosso entendimento, essa decisão de execução imediata está desprovida de amparo legal e desguarnecida de qualquer jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O artigo 216 do Código Eleitoral é claríssimo em recurso contra expedição de diploma. Temos casos de condenação de prefeito e governador que permanecem no cargo até o julgamento do último recurso no TSE. Se esses recursos não forem deferidos aqui no Acre já estamos com um mandado de segurança pronto para entrarmos no TSE. Mesmo que o prefeito deixe o cargo, ele pode voltar em três ou cinco dias”, analisa o advogado.

O TRE/AC cassou o mandato do prefeito depois de analisar um recurso contra a expedição de diploma impetrado pelos advogados do deputado federal, Henrique Afonso (PV/AC) e da Frente Popular do Acre (FPA), coligação pela qual Afonso foi candidato a prefeito e concorrente de Vagner Sales. A alegação é de que Sales não poderia disputar o pleito por se enquadrar na lei da “ficha suja”, pois era condenado por crime contra a administração pública pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Genival Moura Do G1 AC