Fernanda Hassem é uma dos três prefeitos mais bem avaliados no estado, segundo pesquisa Data-Control

A prefeita de Brasileia Fernanda Hassem, realmente vem mostrando seu trabalho à frente do executivo com muita transparecia e dedicação.

 Por Alemão Monteiro 

Uma pesquisa realizada pela  Data-Control, divulgou o nome dos prefeitos mais bem avaliados do Acre: Fernanda Hassem PT (Brasileia) Mazinho Serafim PMDB (Sena Madureira), e Caetano PSB (Acrelândia).

Fernanda Hassem está entre os três prefeitos mais bem avaliados em boa gestão. A prefeita já está entrando para o segundo ano de sua gestão e vem ganhando a confiança da população pela sua forma de trabalhar.

Compromisso com o recurso público faz com que a Prefeitura de Brasiléia saia da lista dos inadimplentes.

Os recursos públicos vêm sendo tratados com grande compromisso e responsabilidade pela atual gestão em Brasileia.

Ao assumir o município, a Prefeita Fernanda Hassem se deparou com uma situação nada agradável, pois a Prefeitura encontrava-se no início de 2017 inadimplente em 9 itens, junto ao CAUC (Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias), em outras palavras é quando a prefeitura está com o nome negativado, como se fosse o SERASA dos municípios, impossibilitando a mesma de receber recursos.

Dentre os itens de inadimplência encontravam-se irregularidade nas contribuições previdenciárias federais, ausência de prestação de contas de recursos federais recebidos anteriormente, contribuições de FGTS que não eram repassadas, e sistema de convênios de não estava regularizado.

Tornar a Prefeitura adimplente foi priorizada pela gestão, sendo necessária uma grande articulação e empenho da equipe, principalmente do Planejamento e Finanças e nesta sexta-feira, 11, o momento tão esperado aconteceu, a Prefeitura de Brasiléia saiu da lista dos inadimplentes, ficando apta para receber recursos e a partir daí, planejar mais ações que visem garantir investimentos à população.

Prefeitura de Brasiléia realiza trabalho de arborização na cidade

A Prefeitura de Brasiléia realizou, o plantio árvores por toda a cidade, que se estenderá até o final do ano.

O primeiro local a receber cerca as mudas foi na saída da cidade sentido Assis Brasil, no trecho da rotatória até residencial Jatobá.

O Secretário de Meio Ambiente, Jonas Bandeira, explicou que iniciativa visa arborizar toda a cidade trazendo benefícios para toda a população através de mais sombras e melhor respiração.

“Os trabalhos foram retomados no dia 16 de janeiro, aproveitando o período de inverno para darmos continuidade ao projeto de arborização que irá beneficiar toda cidade de Brasiléia”, falou Jonas Bandeira, Secretário de Meio Ambiente.

Os trabalhos de arborização desenvolvido pela secretaria de meio ambiente tem sido realizada de acordo com o cronograma de trabalho desenvolvido pela secretaria de planejamento e obras para que possam desenvolver o município juntamente com a sustentabilidade.

Após quatro meses da Operação Dolos Apate, vereador Joelso Pontes retorna à Câmara de Brasiléia

Joelso Pontes retoma o cargo de vereador, após ficar afastado por ordem da justiça por mais de quatro meses. 

 Por Alemão Monteiro 

O juiz de direito da vara de Brasiléia anulou a decisão que suspendeu o exercício da função de vereador do município Joelso Pontes (PP) que foi afastado do cargo após a realização da segunda fase da operação Labor denominada de Operação Dolos Apate.

Joelso ao retomar o pleito passará a receber seus proventos da vereança sem direito a receber os salários anteriores suspensos por ordem da justiça, Vereador Joelso ficou afastado durante o período de mais de quatro meses, onde durante este período de afastamento também teve seu salário suspenso.

A mesa diretora da Câmara Municipal de Brasiléia já foi notificada e deverá marcar o retorno de Joelso Pontes ao mandato de Vereador.

Prefeitura de Brasiléia realiza trabalho de recuperação de ramal no km 60

A Prefeitura de Brasiléia, através da Secretaria de Obras está realizando na área rural, a Operação Ramais com a recuperação dos pontos mais críticos, para que os produtores não fiquem no isolamento nesse período de chuvas intensas.

O Km 60, Ramal Santa Helena foi contemplado com a recuperação de 2 bueiros que vinham causando transtornos no descolamento dos moradores. 

O vice-prefeito Carlinhos do Pelado esteve no local verificando o andamento dos trabalhos. 

A Prefeitura continuará realizando trabalhos de recuperação para que no período invernoso as comunidades estarão recebendo a melhorias de pontos críticos, até que essa estação passe para a Secretária de Obras desenvolver seu trabalho normalmente

O produtor Rural Onildo Damasceno, falou sobre o trabalho que está sendo realizado.

“Agradecemos o trabalho, pois solicitamos para a prefeitura a recuperação do bueiro e fomos atendidos, com isso só agradecemos pelo trabalho realizado em nosso ramal, já que moro aqui por 45 anos”, disse.

Sebastiao Eldecir – Tiãozinho produtor rural do ramal Santa Helena expôs sua felicidade na recuperação do trecho do seu ramal..

“Os dois lugares que mais esperávamos era a recuperação dessa bueira que estava isolando o nosso ramal, é muito importante para a nossa comunidade está saindo do isolamento através do trabalho da Prefeitura”, falou.

O Vice-prefeito e Secretário de Obras Carlinhos do Pelado, falou sobre o  trabalho que está sendo realizado no local.

“Estamos com uma equipe montada, trabalhando com uma retro, uma pá mecânica e uma caçamba, em todo o período de inverno no intuito de melhorar as condições dos ramais que estão em pontos críticos, levando mais dignidade e o direito de ir e vim”, finalizou.

Internauta é bloqueada pelo Facebook da prefeitura após reivindicar melhorias para Epitaciolândia

Moradores de Epitaciolândia estão indignados por fazerem reivindicações nas redes sociais e serem bloqueados pelo facebook denominado de “Município de Epitaciolândia”.

 Por Alemão Monteiro 

A internauta Ana Carolina Silva que é moradora do município de Epitaciolândia expressou tamanha indignação nas redes sociais após ser bloqueada pela conta do Facebook denominada de “Município de Epitaciolândia”, o bloqueio se deu após a internauta fazer algumas reivindicações sobre a rua que dá acesso a sua casa.

Ana Carolina afirma que já cansou de pedir com educação melhorias para a referida rua, mas agora não está pedindo favor e sim exigindo um direito de cidadã como garante a Constituição Federal de 88.

Ana retrata ainda em sua postagem, as más condições em que se encontra o município, a mesma refere-se aos muitos buracos e muita lama espalhados em meio às ruas de Epitaciolândia, inclusive as crianças não poderem brincar na rua devido as péssimas condições que estão as ruas.

Mas Ana Carolina não foi a única internauta a ser bloqueada pelo Facebook Município de Epitaciolândia, outras internautas reclamam de serem bloqueados pelo mesmo facebook e ficam a se perguntar “que democracia é essa”? Que a gente não pode reivindicar e nem ir contra uma idéia que a pessoa já bloqueia isso é uma vergonha!!!! Afirma internauta.

Além de Ana há também outros internautas que reivindicam melhorias no município como é o caso da internauta Dani Pereira Souza que também reside em Epitaciolândia e usa as redes sociais para reivindicar melhorias para a cidade.

Escuridão: Prefeito Tião Flores inicia 2018 deixando cortar energia do CAPS em Epitaciolândia

O fornecimento de energia do CAPS foi suspenso por falta de pagamento da atual gestão de Flores. 

 Por Alemão Monteiro 

A prefeitura de Epitaciolândia através da secretaria de Saúde é a responsável por manter a conta de energia do prédio do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) em dia, mas a atual gestão de Tião Flores (PSB) não vem cumprindo com o pagamento.

Depois que a empresa Eletrobrás não encontrou no sistema o pagamento da fatura do fornecimento de energia do prédio do CAPS o alicate da empresa teve que trabalhar.

Essa é mais uma da administração do prefeito do PSB, que cada dia deixa a população Epitaciolandense mais envergonhada.

Por esse motivo e pela importância que o CAPS representa é que a sede não pode ficar sem energia, muita dessas sedes armazenam medicamentos mantidos em refrigeração e a suspensão pode ocasionar na perca desses medicamentos. 

A nossa redação esteve no prédio do CAPS para saber sobre a situação ocorrida, mas a informação dada por um funcionário foi de que o prédio encontrava-se sem energia, mas não sabia o motivo.

A redação do site 3 de Julho Notícias entrou em contato com a secretária de Saúde de Epitaciolândia Tereza Flores através do número 99978-XX12 que informou que no presente momento se encontra em Rio Branco acompanhando seu esposo que está fazendo tratamento de saúde e que não sabia explicar o ocorrido, mas que nós procurásse-mos a sub-secretária de Gabinete que é quem está responsável por essa situação.

Entramos em contato com a sub-secretária de Gabinete Marizete através do número 99974-XX44 que nos informou que a energia do CAPS foi realmente suspensa pela manhã de segunda, mas foi restabelecida pela tarde, onde foi normalizado o atendimento.

O CAPS fica localizado na Avenida Amazona ao lado da sede da empresa Gofibra, a prefeitura foi informada sobre o corte de energia do prédio, o prefeito de imediato mandou efetuar o pagamento e a energia foi restabelecida e tudo voltou ao normal.

O que significa Centro de Atenção Psicossocial (CAPS)

Os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) são instituições brasileiras que visam à substituição dos hospitais psiquiátricos – antigos hospícios ou manicômios – e de seus métodos para cuidar de afecções psiquiátricas. 

Os CAPS, instituídos juntamente com os Núcleos de Assistência Psicossocial (NAPS), através da Portaria/SNAS nº 224 – 29 de Janeiro de 1992, atualizada pela Portaria nº 336 – 19 de Fevereiro de 2002, são unidades de saúde locais/regionalizadas que contam com uma população adstrita definida pelo nível local e que oferecem atendimento de cuidados intermediários entre o regime ambulatorial e a internação hospitalar, em um ou dois turnos de 4 horas, por equipe multiprofissional, constituindo-se também em porta de entrada da rede de serviços para as ações relativas à saúde mental.

Prefeitura de Brasiléia e Sebrae realizam capacitação para fomento da agricultura familiar

A intenção da prefeitura é reinventar, readequando o espaço para que os feirantes tenham uma melhor condição para trabalharem durante todo o ano de 2018. 

Os feirantes do município de Brasiléia participaram na terça-feira, 16, do curso de Boas Práticas de Manipulação de Alimentos & Atendimento ao Cliente, no auditório do CEDUP, oferecido pela Prefeitura de Brasiléia em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O curso tem como objetivo realizar um trabalho de capacitação e preparo com os agricultores, para que eles possam estar agregando e finalizando novos clientes, além de prepará-los para a abertura da Feira do Agricultor Empreendedor que será realizado no próximo domingo, 21, na feira municipal Maria Florência. Onde os agricultores irão expor alimentos, salgados diversos, doces, hortaliças e entre outros.

Segundo a Prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem, essa capacitação vai atender mais de 200 feirantes de todo o município. “Essa capacitação que está sendo realizada, visa ampliar as vendas dos agricultores agregando valor a higienização e manuseio dos alimentos e a entrega de kits. Paralelo a esse trabalho estamos realizando o melhoramento da feira, através da pintura, reforma dos banheiros e das bancas, desde já quero agradecer ao Sebrae por sempre acreditar em nossos projetos e ser esse grande parceiro e com isso enxergo boas perspectivas para o ano de 2018”, destacou Fernanda.

O evento contou com a presença da Deputada Estadual Leila Galvão, Diretor Regional do Sebrae Jorge Saad, o Palestrante Francinei Santos e os Vereadores Edu, Rozevet e Zé Gabriele.

José da Silva de Souza agricultor há doze anos falou da importância do curso: “É muito importante nós empreendedores que trabalhamos todos os finais de semana ali na feira participar desses cursos, a prefeitura e o Sebrae sempre com a gente dando um grande apoio para que possamos manter a nossa renda familiar e melhorando ainda mais as nossas vendas”, falou José.

A Deputada Leila Galvão falou da importância do evento. “Quero parabenizar a Prefeita Fernanda e toda a equipe do Sebrae pela iniciativa, e estão fortalecendo a economia da agricultura familiar, onde são pessoas que fornecem todo o alimento que são comprados todos os domingos na feira municipal. A intenção da prefeitura é reinventar, readequando o espaço para que os feirantes tenham uma melhor condição para trabalharem durante todo o ano de 2018 e isso faz com que as pessoas se sintam mais motivadas, essa é a grande diferença da atual gestão, que é cuidar das pessoas”, ressaltou Leila. 

Segundo o mediador do curso, Francinei Santos, o curso mostra aos educando como trabalhar, como executar as atividades sem perder dinheiro e conquistar os clientes. “Para ser bom empreendedor, tem que ter boa higiene, gostar do que faz, tratar bem o cliente, fazer produtos de qualidade e pesquisar muito: Informação é poder”, informou Santos.

Veja o Vídeo: Galinhas voadoras fazem a festa na lixeira em frente à Câmara de Epitaciolândia

Por conta da má administração do Prefeito Flores no município de Epitaciolândia, a Avenida Santos Dumont está com muito lixo e urubus.

 Por Alemão Monteiro 

Com uma administração de “Grego”, o prefeito Tião Flores continua a deixar a cidade entregue aos Urubus. De acordo com relatos dos moradores o prefeito Flores está deixando a desejar quando se trata de coleta do lixo.

As galinhas voadoras (urubus) foram filmadas e tiveram seus retratos tirados (como se dizia antigamente) na Avenida Santos Dumont no Centro de Epitaciolândia em frente à Câmara de Vereadores do município na manhã desta segunda-feira.

A gestão do Prefeito do PSB está tão sem planejamento e desorganizada no município que por onde as pessoas passam no decorrer da Avenida é possível notar a presença indesejada de Galinhas voadoras.

Veja o que disse moradores

"A cidade está entregue aos urubus (veja as fotos e vídeo abaixo) e eles estão sendo atraídos pelo mau cheiro dos lixos, entre eles restos de comidas, nunca vimos tanto descaso e pelo que se escuta não há perspectivas de dias melhores". Diz moradores e comerciantes.

A secretaria de Obras do município não se manifestou ainda para resolver o problema da população sobre os lixeiros que estão transbordando e os urubus na rua, a população clama por socorro às autoridades competentes, já que o município está sem administração.

 Veja o Vídeo 

Prefeitura de Assis Brasil, administrada por Zum, não paga parcelamento e tem FPM retido

O primeiro FPM de 2018 totalizou R$ 7,8 milhões, dos quais, R$ 3,8 milhões representam a dedução previdenciária, maior fatia cobrada no fundo.

 Por Alemão Monteiro 

A Associação dos Municípios do Acre informou oficialmente que os cortes do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) cobrados no primeiro decêndio deste mês vão permanecer até que sejam liquidadas as dívidas das unidades federativas junto ao Instituto Nacional de Seguridade Social, o INSS.

“Quem não pagou a guia do INSS ou que atrasou parcelamento vai ter recursos retido nos demais decêndios até que seja quitada toda dívida junto ao órgão. A ordem é do governo federal”, disse o diretor executivo da Amac, Marcio Neri.

Foi o que aconteceu com a Prefeitura de Assis Brasil, Administrada pelo prefeito Antônio Barbosa, o Zum (PSDB). Neste caso, ocorreu retenção por atraso na guia de recolhimento do INSS e nos parcelamentos feitos junto ao órgão.

Ficaram sem um centavo nos cofres públicos para investimentos próprios as cidades de Assis Brasil, Manoel Urbano, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Plácido de Castro, Senador Guiomard, Feijó, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul.

A cidade de Porto Acre foi quem teve menor retenção previdenciária, de R$ 21.426. Rio Branco, a capital, teve retenção de R$ 139,2 mil.

Veja abaixo, como foi o primeiro FPM do ano e os descontos conforme demonstrativo da AMAC:

Prefeito Zum de Assis Brasil dá calote em atletas e não paga premiação no valor de R$ 6.400,00

A surpresa foi que o Prefeito Zum deu o maior calote nos atletas e até hoje não pagou a premiação.

 Por Alemão Monteiro 

Parece mais uma piada dessas que circulam nas redes sociais, mas é a triste realidade da administração tucana comandada pelo Prefeito Antônio Barbosa, o conhecido Zum do PSDB. As equipes de futebol que disputaram a final do Campeonato Municipal de 2017 ainda não receberam a premiação estipulada no regulamento no valor total de R$ 6.400,00 nas mais diversas modalidades.

A final aconteceu no dia 4 de novembro entre os times “Ladeira e Fronteira”. Teve como grande vencedor a equipe do Ladeira que deveria receber troféu, medalhas e uma quantia de 3 mil reais em Dinheiro. O segundo colocado receberia a importância de 1.800 reais, seguido do terceiro lugar com 1.200 reais.

A surpresa foi que o prefeito deu o maior calote nos atletas e até hoje não pagou a premiação. As equipes repudiaram a falta de honradez do gestor municipal e avisam que vão boicotar qualquer competição esportiva até que recebam o que foi prometido pelo prefeito Zum.