Bope participa de exposição em alusão à Semana da Pátria na capital

Uma exposição mostra artefatos e equipamentos utilizados pelas unidades especializadas da Polícia Militar do Acre (PMAC) e do Corpo de Bombeiros (CBMAC) dentro do Via Verde Shopping.

Nos dias 8, 9 e 10 de setembro, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) estará expondo artefatos e equipamentos militares utilizados pela unidade especializada, dentro do Via Verde Shopping. O evento é fruto de uma parceria entre a empresa e as forças militares da segurança pública.

Armamento diferenciado, bombas de efeito moral, capacetes especiais, entre outros produtos empregados pela tropa de choque ou em ações de alto risco podem ser observados e apresentados pelos policiais da unidade, que permanecem no local, à disposição dos visitantes para quaisquer esclarecimentos.

De acordo com o major Assis dos Santos, o objetivo é promover a divulgação direta à população, das atividades e dos equipamentos usados nas operações policiais. “Essa parceria entre o setor público e privado faz parte das ações que visam a proximidade com a comunidade e que são implementadas no atual comando da PMAC”, disse o oficial.

Também participam da exposição o Exército Brasileiro (EB) e o Corpo de Bombeiros Militares do Acre (CBMAC). É uma oportunidade para conhecer um pouco mais sobre as forças militares que atuam a serviço do país e também do Estado, nesse período de encerramento da semana da pátria, em que se comemora a independência do Brasil.​ O evento permanece disponível ao público das 10 às 22h deste sábado, e das 11 às 21h do domingo.

Polícia apreende 25 pneus e mais de 150 desodorantes na BR-317, em Capixaba

PRF-AC apreende 25 pneus novos e mais de 150 desodorantes durante fiscalização no interior do Acre. 

A Polícia Rodoviária Federal do Acre (PRF-AC) apreendeu, nesta sexta-feira (8), 25 pneus novos de origem estrangeira, 156 desodorantes e dois motores do tipo bomba de água.

A apreensão ocorreu no quilômetro 144 da BR-317, no município de Capixaba, interior do Acre.

A PRF-AC informou ainda que os produtos estavam em dois veículos que tinham como destino a capital acreana, Rio Branco. Os veículos e as mercadorias foram apreendidos e encaminhados a Receita Federal em Epitaciolândia.

Policias prende três jovens com armas de fabricação fogo em Rio Branco

Polícia Militar prende trio com armas de fabricação estrangeira, após troca de tiros entre facções rivais.

 Da Assessoria PMAC 

Policiais do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO) e de Rádio Patrulha do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM) prenderam três homens por porte ilegal de arma de fogo, no Conjunto Esperança III com uma submetralhadora calibre, 9mm, uma pistola, 9mm e um revólver, 357 foram apreendidos, além de munições e outros materiais.

No local para onde foram direcionados via Centro de Operações em Segurança Pública (CIOSP) para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo, os policiais foram informados por populares que na verdade se tratava de uma troca de tiros, que teria iniciado no bairro Habitar Brasil e continuava em um beco nas proximidades do local.

Após avistarem a guarnição, indivíduos em um veículo modelo Fiesta, de cor prata, iniciaram fuga e foram acompanhados pela equipe policial, até caírem dentro de um córrego, onde foram rendidos e capturados Gleydson Melo da Silva, 35 anos, Arisson Martins de Oliveira, 22, e Adenir Batista da Silva, 20.

No interior do veículo foram encontradas as três armas: uma submetralhadora calibre .9mm sem numeração e um carregador com três munições, uma pistola calibre .9mm, de fabricação israelense com duas munições, e um revólver Magnum calibre .357, de fabricação americana, com duas cápsulas deflagradas, além de luvas e capuzes.

Segundo informações do trio, um terceiro envolvido teria sido atingido no local onde se iniciou a troca de tiros. Outra guarnição foi até o lugar indicado, onde foi constatado o óbito do indivíduo, não identificado oficialmente, o qual apresentava uma perfuração na região do tórax, com características de disparo de arma de fogo.

Os três homens, que afirmam ter ido ao local para um acerto de contas entre membros de facções criminosas rivais, foram encaminhados para a Delegacia de Flagrantes (Defla), juntamente com os itens apreendidos, onde deverão responder pelos crimes de porte ilegal de arma e associação criminosa.

Garota de 17 anos comete suicídio após namoro conturbado em Tarauacá

A garota teria de 17 anos utilizado uma corda para se enfocar, segundo as primeiras informações.

A Estudante Kemelhy Costa, de 17 anos, foi encontrada morta nesta sexta feira, dia (8) na casa dela, no Bairro Senador Pompeu, em Tarauacá.

A garota era jogadora de futebol do time Verona e, segundo uma amiga, ainda ontem treinou com as amigas e depois foi beber. Por uma mensagem de celular a uma amiga, ela teria demonstrado a intenção de tirar a própria vida.

Ela estudava o terceiro ano no turno da noite na escola Djalma Batista.

Kemelhy estava muito depressiva nos últimos dias e isso seria consequência de um romance conturbado. Logo pela manhã, sem conseguir contato com a menina, a irmã de Kemelhy entrou em casa pelo telhado e encontrou a menina já morta.

Fonte: portaltarauaca.com

Tudo pronto para o 13 Festival de Praia de Assis Brasil

A Associação Comercial de Assis Brasil está resgatando o mais tradicional evento da cidade, o Festival de Praia Trinacional. 

O evento vai acontecer este final de semana, depois de quatro anos sem ser realizado. O presidente da Associação, Jesus Pilique, disse que o evento tem tudo pra ser um sucesso e voltar ao cenário regional.

"Estamos resgatando o maior evento popular de Assis Brasil. Essa festa movimenta a cidade e aquece a economia local, além de oportunizar lazer e diversão pra nossa gente. Estamos nos empenhando ao máximo para garantir a segurança, boa alimentação e muita música animada a todos que participarem", disse Pilique.

O evento está sendo realizado pela Associação Comercial e tem o apoio do Governo do Estado, Sebrae, Prefeitura, Banco do Brasil, Caixa, Basa, Deputado Jenilson Leite, Deputada Leila Galvão e Senador Petecão.

A festa na praia começa nesta sexta-feira e vai até domingo. Entre as atrações haverá a escolha da garota verão 2017, festival gastronômico e a atração musical internacional, Banda Rio Claro, de Lima no Peru.

Veja as fotos do Desfile da semana da independência em Brasiléia

O desfile cívico e militar em comemoração aos 195 anos de Independência da República Federativa do Brasil foi marcado pela celebração popular e pelos valores democráticos, em Brasiléia.

O desfile foi realizado na rua Geny Assis, bairro centro, o evento reuniu centenas de pessoas e contou com a participação dos estudantes do município.

A prefeitaFernanda Hassem, acompanhada do Vice-Prefeito, Carlinhos do Pelado, realizou a abertura oficial do evento, após saudar as representações educacionais, sociais e desportivas. Autoridades Bolivianas, o Dr. Gustavo Sirena-Juiz da Comarca de Brasiléia; Comandante Saturnino – Corpo de Bombeiros; Capitão Anderson Vera – CIA de Selva da Fronteira; Vereadores Rogério Pontes e Rozevete e o Vice-Prefeito de Epitaciolândia Raimundão, também prestigiaram o evento.

“Mais um ato de civismo e de amor ao nosso país, comemorando os 195 anos de independência do Brasil. Durante toda essa semana nós estivemos realizando atividades, na zona rural e urbana, em alusão a Independência do Brasil com o hasteamento da bandeira, cantando o hino do país e realizando atividades com as nossas crianças jovens e adultos das nossas escolas”

O evento teve a participação da sociedade civil, estudantes das escolas estaduais e municipais e das guarnições militares, como Exército, Corpo de Bombeiros.

Jovem que matou membro do CV é condenado a mais de 24 anos de prisão

O jovem Clemerson Barroso Nogueira, conhecido como “Loirinho”, de 22 anos, acusado pelo assassinato de Weslley Lima dos Santos, suposto membro do Comando Vermelho, foi condenado, a 24 anos e seis meses de prisão.

O crime em que Clemerson estava envolvido ocorreu no bairro Recanto dos Buritis, no 2º Distrito de Rio Branco, em dezembro de 2016.

Na época, o acusado era monitorado do Iapen, e usava tornozeleira eletrônica, o que, depois, tornou-se prova, já que todos os passos dele foram apresentado em juízo, dos dias anterior ao crime.

“Nesse momento, em que se inicia os julgamentos desses crimes de homicídio que nós estamos convivendo na sociedade, envolvendo organizações criminosas.

Nesse caso, uma pena aplicada a um jovem de 22 anos. Era uma pessoa reincidente, mesmo assim resolveu cometer o homicídio.

É também uma advertência aos jovens, para que não faça adesão a nenhum tipo de crime ou facções criminosas”, pontua o juiz Leandro Leri Gross.

Na época, o assassinato foi testemunhado por populares. Eles informaram à polícia que dois jovens, incluindo o condenado, teriam invadido a residência da vítima em posse de arma de fogo.

A vítima ainda teria tentado fugir, mas acabou sendo alvejado com quatro dos tiros na varanda de sua residência.

Segundo apurou ac24horas, Clemerson já cumpria pena de 15 anos por outros crimes.

Fonte: Ac24horas

Polícia Rodoviária deflagra operação Independência no Acre

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou a Operação Independência nas rodovias federais em virtude do feriadão prolongado (Amazônia e Independência).

A exemplo do resto do país, as fiscalizações nas estradas acreanas já tiveram inicio nesta terça-feira, 05 de setembro de 2017. O objetivo é garantir a segurança dos usuários das rodovias federais que cortam o nosso estado.

Segundo informe da PRF, neste feriadão serão realizadas ações educativas referentes a orientação para o trânsito. Haverá incremento na fiscalização do fluxo de veículos e no patrulhamento ostensivo em pontos críticos e horários estabelecidos a partir de dados estatísticos, como sendo de maior incidência de acidentes com mortos, feridos e de ocorrências criminais.

Fatores como excesso de velocidade, uso do álcool concomitante à condução de veículos automotores, desrespeito ao regulamento de trânsito nas suas diversas normas, com ênfase às relacionadas a segurança dos condutores e passageiros terão sua fiscalização priorizada.

Ao término da operação Independência do Brasil, no dia 10 de setembro de 2017, a PRF espera ter alcançado seus objetivos em contribuir para o bem-estar da população local com a manutenção e diminuição dos índices de violência no trânsito das rodovias federais, a garantia da sua livre circulação, aumento da percepção de segurança por parte dos usuários e a redução da criminalidade.

Padrasto é condenado a mais de 15 anos por estupro de enteada

Vítima ficou com lesão e precisou de intervenção cirúrgica para recuperação.

O Juízo da 2ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Rio Branco julgou procedente a denúncia para condenar o acusado A.M.A da S. por estupro de vulnerável. A vítima era enteada do réu e tinha seis anos de idade ao tempo dos fatos.

Diante do número indeterminado de vezes nas quais foram praticados abusos sexuais contra a ofendida, foi estabelecida pena definitiva em 15 anos, seis meses e dez dias de reclusão a ser cumprida em regime inicialmente fechado, por se tratar de crime hediondo.

Entenda o caso

O denunciado aproveitou-se da sua condição de padrasto para violar a infante nos momentos em que ficava sozinho com ela. A vítima precisou de intervenção cirúrgica para reconstrução da parte íntima.

Em depoimento especial intermediado por psicóloga, a ofendida confirmou ter havido reiterados abusos sexuais por parte do acusado e descreveu o modo como se davam os atos sexuais na ausência de sua mãe, expondo claramente a conduta maléfica perpetrada.

A vítima tem mais dois irmãos, que o homem mandava brincar fora de casa para praticar os abusos.

Uma das testemunhas relatou que, quando a mãe da criança dizia que não precisava ir para aula porque estava chovendo, ela insistia para ir, pois não queria ficar com o acusado em casa, porque a violentava. A criança teria contado ter apanhado muitas vezes, quando tentava resistir.

O acusado chegou a negar a ocorrência dos fatos.

Decisão

O juiz de Direito Romário Divino, titular da unidade judiciária, ressaltou as declarações do cirurgião que atendeu a ofendida na unidade hospitalar, “se mostra elucidativo quanto à gravidade das lesões causadas, na qual a criança foi submetida por horas a intervenção cirúrgica, sob efeito de anestesia geral para suturação de vários pontos no fundo do saco vaginal, gravemente lesionado. E mais, o médico também declarou que foi explícito com a genitora da criança após o procedimento quanto à complexidade cirúrgica”.

Na dosimetria, concorreu como causa especial de aumento da pena o fato do agressor ser padrasto da vítima, previsto no artigo 226, inciso II do Código Penal.

Foi negado ao sentenciado o direito de recorrer em liberdade e determinado o pagamento de R$ 10 mil em favor da vítima, a título de reparação mínima decorrente dos danos morais causados a criança.

Por GECOM – TJAC

Homem é condenado por desmatar e represar igarapé em APP

Crime contra a flora: Prova pericial constante dos autos, segundo juíza de Direito, comprovou os crimes em análise.

O Juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca de Cruzeiro do Sul julgou procedente a denúncia do Processo n°0800188-28.2015.8.01.0002 e condenou C.A.S.L. por crime contra a flora, como incurso nas penas dos artigos 38 e 60, da Lei 9.605/98. O réu desmatou Área de Preservação Permanente (APP) e represou as águas de igarapé para construção de um balneário.

A decisão foi publicada na edição n° 5.957 do Diário da Justiça Eletrônico (fl. 111 e 112).  A dosimetria estabeleceu pena de um ano e quatro meses de detenção, em regime inicial aberto. Contudo, a pena privativa de liberdade foi substituída por restritiva de direitos, nos termos do art. 7º, da Lei 9.605/98, consistente em prestação pecuniária correspondente a três salários mínimos, considerando o tamanho e a importância da área, a ser revertida em favor de entidade a ser determinada pelo Juízo da Execução, bem como a recuperação integral da área degradada.

Entenda o caso

O denunciado foi autuado em flagrante pela equipe de fiscalização do Instituto do Meio Ambiente do Acre (Imac) por desmatar área de mata primitiva na Vila Lagoinha, localizada na zona rural de Cruzeiro do Sul. O delito afetou um total de 0,8 ha, considerada de preservação permanente, para a qual não pode ser deferida autorização ou permissão de desmate pela autoridade ambiental competente.

A defesa por seu turno requereu a absolvição do acusado por insuficiência de provas.

Decisão

Segundo os autos, o réu estava em sua propriedade quando realizada a vistoria e acompanhou a equipe durante a fiscalização da denúncia, confirmando o desmate. Os vizinhos reclamaram do represamento do Igarapé Zacarias, porque impedia que o curso d’água seguisse seu fluxo normal, passando por outras propriedades localizadas nas proximidades.

A magistrada Adamarcia Machado, titular da unidade judiciária, afirmou que a prova pericial constante dos autos, bem como as fotos de satélite são suficientemente comprobatórias dos crimes em análise. “Assim, não há como se falar em absolvição do réu. O laudo foi preciso. O réu destruiu área de preservação permanente e desmatou floresta nativa”, prolatou.

Na decisão, a juíza de Direito esclareceu ainda que a supressão total ou parcial de vegetação em APP requer prévia autorização do Poder Executivo Federal, e só pode ser autorizada em caso de necessidade, devidamente caracterizada em procedimento administrativo próprio, visando a execução de obras ou atividades de utilidade pública ou interesse social, e quando não houver alternativa técnica e locacional ao empreendimento proposto.

Desta forma, a culpabilidade está demonstrada uma vez que o réu sabia que sua atitude era ilegal e agiu dolosamente.

Da decisão cabe recurso.

Por GECOM – TJAC