Mulher encomenda sua morte e processa matador por não concluir ‘serviço’

Autora alegou que não tinha capacidade intelectual para responder por atos. Matador fugiu com dinheiro e carro entregues como pagamento pelo acordo.

Uma mulher do Distrito Federal pediu à Justiça que anule o contrato em que "encomendava" a própria morte, após seguidas tentativas fracassadas de suicídio. Para justificar o cancelamento, a autora disse que apresentava quadro depressivo e que estava fora de suas condições normais.

O juiz rejeitou os argumentos e decidiu que, como não havia contrato formal, não seria possível validar ou invalidar qualquer termo desse documento. Com isso, o pedido foi negado, e o processo, arquivado. A ação correu em segredo de Justiça e, por isso, a reportagem não conseguiu acesso aos dados da mulher e dos advogados que a defenderam no caso.

Na ação, a mulher relata que desenvolveu quadro "depressivo-ansioso crônico, com aspecto suicida", e que teve a capacidade de trabalho comprometida por esse diagnóstico. Por não ter conseguido tirar a própria vida, ela firmou contrato com um "matador de aluguel".

O acordo previa o pagamento de uma quantia em dinheiro e a transferência de um veículo para o homem, por meio de uma procuração. O documento possui cláusulas de irrevogabilidade. Porém, depois de receber o pagamento, o "assassino de aluguel" deixou de atender as ligações telefônicas da mulher e não executou o serviço.

A Justiça do DF tentou resolver o caso em audiências de conciliação, mas não houve acordo. O juiz responsável pelo caso, na 4ª Vara Cível de Taguatinga, ouviu uma testemunha e a mulher, que teria entrado em contradição ao falar sobre o "pacto de morte".

Na decisão, o juiz entendeu que não há como validar o acordo sem comprovação documental, e que a procuração firmada entre as partes – para a venda do veículo – não necessariamente caracterizava as alegações da mulher.

"A autora não sofria qualquer mal que a inviabilizasse de manifestar vontade frente ao cartório público e, se o negócio jurídico realizado com base em uma manifestação de vontade em desacordo com o verdadeiro querer do agente, nas hipóteses de erro, dolo, coação, estado de perigo, lesão – os chamados vícios de consentimento – seria anulável", afirmou.

Na sentença, o juiz disse ainda que, se existisse um contrato, cujo objeto do negócio fosse realmente o assassinato da mulher, ele não teria validade. "Impossível ou indeterminado o seu objeto, e o motivo determinante, comum a ambas as partes, for ilícito", disse.

Mulher encomenda própria morte

Por G1 DF

Adolescente é morto e tem cabo de vassoura introduzido no ânus

O adolescente foi morto e teve um cabo de vassoura introduzido no ânus. O jovem foi morto apos se suspeito de estuprar a própria irmã de apenas 06 anos.

jovem 1

Na madrugada deste último domingo (12) um adolescente de 16 anos foi morto em um terreno localizado na rua Ailton Sena na cidade de Brejo da Madre de Deus (201 km de Recife).

De acordo com a Polícia Militar, o adolescente havia sido apreendido sob a acusação de ter tentado estuprar a própria irmã de apenas 06 anos e após ser solto, foi morto com golpes de faca e os assassinos ainda introduziram um cabo de vassoura no ânus do adolescente.

O corpo do jovem foi recolhido e encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) em Caruaru. A Polícia Civil investiga o caso e trabalha na tentativa de identificar os autores do crime.

jovem

Por Jerry Mesquita/portalplantaopolicial.com

Terremoto de 6,5 graus nas Filipinas deixa ao menos seis mortos e 120 feridos

Um terremoto de 6,5 graus de magnitude atingiu as Filipinas. Na cidade de Surigao, postes de iluminação caíram com o tremor. Ao menos seis pessoas morreram.

Um terremoto de 6,5 graus de magnitude atingiu as Filipinas

Um terremoto de 6,5 graus de magnitude causou seis mortes e deixou pelo menos 126 feridos nas Filipinas. Os tremores foram registrados na noite de ontem (10) e causaram destruição no sul do país. Equipes de resgate continuam trabalhado em busca de sobreviventes.

A região da ilha de Mindanao, localizada cerca de 700 quilômetros de Manila, capital do país, foi a mais atingida. O terremoto ocorreu durante a madrugada e assustou os moradores, que passaram a noite em estacionamentos e lugares ao ar livre para se protegerem. Os abalos provocaram queda de pontes, de postes, de casas e a abertura de crateras no asfalto de ruas e avenidas.

De acordo com as autoridades locais que trabalham nas operações de busca, a maioria das vítimas morreu atingida por objetos que se desprenderam dos imóveis. Um homem morreu soterrado e uma idosa sofreu um ataque cardíaco.

Em Surigao, cidade costeira, moradores assutados com os tremores correram para as montanhas próximas da cidade, temendo a chegada de um tsunami, no entanto, não houve alerta de tsumani. O epicentro do terremoto ocorreu no mar, a 14 quilômetros do território filipino.

As Filipinas estão localizadas no chamado Anel de Fogo, região do Oceano Pacífico, onde ocorrem muitos terremotos e erupções vulcânicas. O último terremoto no país foi registrado em outubro de 2013 e causou  mais de 220 mortos.

Um terremoto de 6,5 graus de magnitude atingiu as Filipinas 1

Com informações da AFP

Vídeo: Jovem tenta matar avó de 81 anos enforcada para roubar dentadura

Neto tenta roubar dentadura de ouro com outo amigo e depois tentaram sufocar a senhora de 81 anos.

avó

Um caso surpreendeu a cidade de Sarandi (PR). O neto tentou roubar a dentadura da avó, uma senhora de 81 anos, por possuir seis dente de ouro.

O rapaz de 22 anos junto com um amigo tentaram sufocar a pobre senhora com as cobertas durante a noite para retirar a prótese dentaria com os dentes de ouro, por sorte dona Lasinha gritou e conseguiu socorro.

Quando perguntada sobre como fica o coração de uma vó nesse momento. Dona Lasinha que é benzedeira no distrito, demonstrou tristeza e disse “Ele merece castigo e muito, muito”. O neto fugiu mas o colega se encontra preso.

Fonte: Com informações de MassaNews

População lincha e joga a mulher acusada de matar duas crianças no fogo

Na ocasião, sete pessoas estavam no local. Três eram crianças e uma delas não resistiu e morreu no hospital.

Mulher

 A população invade delegacia e tenta linchar mulher acusada de matar criança. A mulher sofreu queimaduras nas pernas (Foto: Divulgação)

Populares depredaram a delegacia da Polícia Civil em Novo Aripuanã (distante à quase 229 km de Manaus) por volta das 15h de terça-feira (07). Conforme informações do delegado do Departamento de Policiamento do Interior (DPI), Mariolino Brito, o delegado da unidade, Vinicius de Melo, foi atingido por uma pedra na cabeça e precisou ser encaminhado para uma unidade hospitalar da cidade.

O delegado do DPI informou ainda que os populares começaram a depredar a delegacia por conta de uma mulher que estava presa suspeita de ter causado a morte de uma criança no último domingo (5), no município. Segundo a Polícia Civil, a mulher presa ateou fogo em uma residência e causou a morte de uma criança de apenas dois anos. Outras duas pessoas ficaram gravemente feridas e o fato revoltou a população.

“Uma mulher matou uma criança e a população se rebelou porque ela estava presa na delegacia. Por volta das 15h, populares começaram a quebrar a unidade e principalmente colocar a fogo. Eles tentaram matar a mulher, mas os policiais não deixaram.  A mulher sofreu queimaduras nas pernas e nos braços”, explicou o delegado. Por conta da confusão, a mulher, que não teve o nome divulgado, será transferida para outro município, como forma de tentar manter a ordem em Novo Aripuanã.

Segundo Mariolino, a Polícia Civil do município pediu reforços para atender a ocorrência. “Os reforços já estão em Novo Aripuanã, porque as coisas estão complicadas por lá. O próprio delegado foi atingido por uma pedra, e precisou ser encaminhado para uma unidade hospitalar da cidade, mas já temos informação que ele passa bem. E deve retornar amanhã para o trabalho”, comentou o delegado do DPI.

De acordo com a PC, foi enviada ao local uma tropa tropa de policiais militares lotados em Borba, município distante 151 quilômetros em linha reta da capital, e outros oito policiais militares do Comando de Policiamento Especial (CPE) de Manaus, por meio de aeronave fretada.

Nesta quarta-feira, dia 8, ainda de acordo com o delegado-geral, serão enviados ao lugar integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), servidores lotados no DPI e um perito do Instituto de Criminalística (IC) para auxiliar no trabalho de investigação. “De imediato conseguimos manter a ordem naquela cidade e vamos apurar o ocorrido”, afirmou o delegado-geral Frederico Mendes, via assessoria de imprensa.

proibido

população lincha e joga a mulher acusada de matar duas crianças no fogo

para o meio do fogo

Fonte: blogdafloresta.com

Homem é preso após invadir residência e estuprar idosa de 81 anos em Porto Velho

A senhora de 81 anos foi localizada despida, caída no chão e com dificuldade para respirar. PM fez buscas nas redondezas e prendeu o criminoso vulgo "Roberto".

Um homem de 36 anos identificado como Roberto M.D foi preso no domingo (5), acusado de estuprar uma idosa de 81 anos na residência da vítima, localizada no centro do município de Itapuã do Oeste, distante cerca de 100 km de Porto Velho.

Segundo a polícia, o acusado mora ao lado da casa da vítima e aproveitou o momento que ela estava só. O homem invadiu o imóvel, agarrou a idosa por trás, tapou a boca dela, rasgou a roupa e depois de passar saliva na parte genital praticou estupro.

A bisneta da idosa, uma menina de nove anos ouviu gritos de socorro vindos da casa e pediu ajuda a parentes, que moram na região. Quando populares foram até a residência, avistaram o suspeito fugindo, tentando vestir a roupa.

A vítima foi localizada despida, caída com dificuldade para respirar. A mulher foi socorrida para uma unidade de saúde no município e depois de atendida pelo médico de plantão passa bem.

A Polícia Militar fez buscas na cidade e prendeu Roberto. Para os policiais o maníaco confessou o crime e disse que estava muito embriagado. Roberto foi encaminhado para a Central de Flagrantes da capital e segue para o complexo penitenciário, onde vai responder pelo crime de estupro.

Homem é preso após invadir residência e estuprar idosa de 81 anos em Porto Velho

Com informações de Rondoniaovivo.

Homem foi assitir parto da esposa e saiu operado de hemorroida

O homem teve as hemorroidas retiradas. O hospital ofereceu uma quantia como indenização, mas ambas as partes ainda estão em negociação.

Uma confusão no hospital de Shenyang Hunnan Xinqu, na China, fez com que um homem passasse por uma cirurgia de hemorroidas por engano enquanto esperava a mulher dele dar à luz. Identificado apenas como Wang, o rapaz foi confundido com outro paciente que estava aguardando pelo procedimento.

Segundo informações do Peoples Daily Online, o hospital só tem duas salas de operação e Wang foi encaminhado para aquela que serviria para realizar o parto da esposa. A mulher, no entanto, ainda estava em preparação em outra sala. Neste momento, um médico chega e pede para que ele tire as calças e deite na mesa de operação.

“Foi estranho. Eu perguntei o motivo disso e ele apenas disse: ‘Faça o que eu estou mandando’, disse Wang ao jornal. O médico aplicou a anestesia e realizou o procedimento para remover as hemorroidas. “Quando estava na mesa de operações, ouvi um bebê chorando e fiquei muito feliz”, contou.

O hospital percebeu o erro e ofereceu a Wang a quantia de cerca de R$ 2,5 mil como compensação, mas eles ainda estão em negociação.

Homem

Fonte: metropoles.com

Vídeo mostra médicos retirando barata viva em crânio de mulher

Queimação e fortes dores de cabeça. Essas eram as queixas apresentadas por uma mulher de 42 anos, moradora de Injambakkam, na Índia.

Barata na cabeça

Ela sentia ainda algo se mexendo, o que chamou a atenção dos médicos. Selvie, como foi identificada a paciente, sentia ainda uma sensação de “rastejamento” na narina direita e só após um exame de imagem foi possível detectar o que estava provocando o sofrimento da mulher.

Uma barata estava presa num pequeno espaço no crânio, entre os olhos. A mulher foi levada às presas para o bloco cirúrgico e depois do procedimento, que durou aproximadamente 45 minutos, os médicos conseguiram retirar a barata viva do crânio da mulher.

Caso o inseto não fosse retirado, morreria e teria infectado o cérebro da paciente. O vídeo é angustiante e consegue passar um pouco da agonia que a mulher estava sentido.

Assista se tiver coragem 

Fonte: econcavonews.com

Britânica se vinga de traição indo para a cama com o pai do namorado

Uma britânica de Heywood (Inglaterra) resolveu se vingar de uma traição do namorado indo para a cama com o pai dele.

Britânica se vinga de traição

À época, Laura Jane Abrams tinha 16 anos. O namorado, Calvin, 18. A britânica sempre suspeitou que David, o pai do namorado, "sentia alguma coisa por ela".

Ao descobrir que Calvin estava envolvido com outra, Laura, atualmente com 29 anos, decidiu dar o troco da forma mais inusitada que conseguia imaginar.

A história foi contada nesta quinta-feira (2/1) pelo "Sun". A revelação foi feita anos depois para evitar problemas com a Justiça.

"Ele (o pai do namorado) me dava mais atenção que o filho", relatou ela.

As coisas ficaram ainda piores quando Laura engravidou e perdeu o bebê em aborto espontâneo.

Na verdade, Laura não foi para a cama com David. Eles fizeram sexo no banco traseiro de um carro.

Depois da vingaça, Laura se mudou para Manchester (Inglaterra). Hoje, casada com outro homem, tem três filhos.

Britânica se vinga de traição 1

Por blogs.oglobo.globo.com

Menina de 10 anos pode ser a primeira com ‘doença do homem-árvore’

Sahana Khatun, de dez anos, começou a apresentar verrugas parecidas com cascas que se espalharam por seu rosto.

Sahana Khatun

Sahana Khatun, de dez anos, começou a apresentar verrugas parecidas com cascas que se espalharam por seu rosto (Foto: AFP)

Quando uma verruga parecida com uma casca apareceu no rosto de Sahana Khatun, de dez anos, há quatro meses, o pai da menina não se preocupou muito.

Mas, depois que mais verrugas semelhantes começaram a se espalhar pelo rosto dela, a família ficou alarmada e viajou do vilarejo no sul de Bangladesh até a capital, Daca, para uma consulta médica.

Agora os especialistas temem que Sahana seja a primeira pessoa do sexo feminino a ser diagnosticada com epidermodisplasia verruciforme, mais conhecida como "doença do homem-árvore".

Se este for mesmo o diagnóstico, ela entra para o minúsculo grupo de pessoas no mundo todo, todos homens, que sofrem com esta doença.

A epidermodisplasia verruciforme é uma doença genética rara que resulta em em enormes verrugas em forma de casca que afetam principalmente as mãos e os pés.

Sahana Khatun, de dez anos 2

Sahana e seu pai, Mohammed Shahjahan foram para Daca, em busca de um tratamento para o problema da menina (Foto: AFP)

Menos agressiva?

Os médicos ainda estão fazendo exames para saber de Sahana tem mesmo a "doença do homem-árvore". No entanto, o pai da menina, Mohammad Shahjahan, está muito preocupado.

"Somos muito pobres. Minha filha perdeu a mãe quando tinha apenas seis anos. Eu realmente espero que os médicos retirem as cascas do belo rosto da minha filha", disse Shahjahan à agência de notícias AFP.

Uma das poucas pessoas do mundo que sofrem com a epidermodisplasia verruciforme também é de Bangladesh. Abul Bajandar, um pai de família de 27 anos, não conseguia sequer tocar a esposa e o filho nos últimos dez anos.

As mãos dele estavam cobertas por deformidades e cascas que cresceram e chegaram a pesar cinco quilos. As verrugas em forma de cascas também atingiram suas pernas e ele ficou com a aparência de uma árvore.

Bajandar foi o primeiro bengali a ser diagnosticado com a doença no ano passado. A equipe médica espera agora que Sahana tenha uma forma menos agressiva da doença e consiga se recuperar mais rapidamente do que Bajandar. Ele já passou por 16 cirurgias no Hospital Universitário de Daca para poder usar as mãos de novo.

Bajandar teve que abandonar o trabalho como motorista. Ele disse ao jornal local The Daily Star que as verrugas começaram a aparecer quando ele tinha 15 anos, mas "cresceram muito rápido" nos últimos anos causando dor intensa ao mover pés e mãos. No mês passado os médicos do hospital universitário disseram que ele poderá em breve deixar a internação.

Sahana Khatun, de dez anos 1

No começo do ano passado Abul Bajandar estava sofrendo com a doença (na foto à esq.) mas agora ele está se recuperando e já pode segurar o filho no colo (Foto: AFP)

Por BBC